Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

TV Record é tirada do ar por suposto favorecimento a Crivella


Do Diário OnLine

21/09/2004 | 09:13


A Justiça Eleitoral fluminense tirou do ar temporariamente a Rede Record do Rio de Janeiro, na noite de segunda-feira, por causa da exibição de uma reportagem sobre o projeto social Fazenda Nova Canaã – ligado ao senador e candidato à Prefeitura do Rio pelo PL, Marcelo Crivella. No entendimento do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), o programa favorecia a candidatura do senador, que é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e sobrinho do fundador da Iurd e dono da TV Record, bispo Edir Macedo.

O juiz Luís Márcio Pereira, que acatou a representação do PT contra a exibição do programa, explicou que o oficial de Justiça enviado à TV Record não foi recebido na sede carioca da emissora, o que atrasou o cumprimento da determinação. Segundo ele, o representante teve de viajar ao bairro do Sumaré, em São Paulo, onde ficam as torres de transmissão, para tirar o programa do ar enquanto ainda havia tempo – a reportagem foi cortada durante cerca de meia hora, em sua parte final.

A suspensão do programa foi determinada pela Justiça Eleitoral porque a campanha de Crivella à Prefeitura do Rio de Janeiro faz reiteradas menções à Fazenda Nova Canaã. No entendimento do juiz, "não haveria sentido transmitir o programa no Rio de Janeiro", pois seria feita propaganda indireta em favor do candidato do PL.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;