Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministro espanhol pede desculpa aos doentes mentais


Das Agências

04/01/2001 | 11:05


O ministro do Interior do governo regional da Catalunha (Nordeste da Espanha), Javier Pomés, apresentou nesta quinta-feira suas desculpas às pessoas que sofrem de doença mental, depois de ter afirmado que os membros da organização separatista basca ETA são doentes mentais.

Na seção de cartas dos leitores publicada hoje no jornal La Vanguardia, Pomés pediu desculpas por ter classificado de ‘‘doentes mentais’’ os indivíduos que, no último dia 21 de novembro, assassinaram o ex-ministro socialista da Saúde Ernest Lluch. Este foi morto a tiros por um comando do ETA em sua garagem, em Barcelona.

‘‘Minha referência pretendia ilustrar a falta de sentido do terrorismo, mas em nenhum caso ofender nem igualar aqueles que sofrem de doença mental a assassinos’’, afirmou o ministro regional, em resposta à carta de uma leitora do La Vanguardia que é mãe de um doente mental e se indignou com as declarações de Pomés.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;