Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Russomanno orienta vereadores do PRB a apoiar Paulo Serra

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deputado federal almoça na cidade e mostra predileção pelo tucano


Vitória Rocha
Especial para o Diário

08/11/2016 | 07:00


Deputado federal mais votado do País, com 1,5 milhão de adesões na eleição de 2014, Celso Russomanno (PRB) afirmou que a orientação do partido é apoiar prefeito eleito de Santo André, Paulo Serra (PSDB). Em visita à cidade ontem, o deputado explicitou seu desejo de estar com o projeto político do tucano pelos próximos anos.

“Temos uma aproximação com o projeto do Paulinho, sem dúvida. Ainda não conversei com nossos vereadores na cidade, mas farei isso em breve, porque, é claro, precisamos do consentimento deles também. Tenho uma ligação muito forte com Santo André por, em 2000, ter concorrido à Prefeitura, então, é importante apoiar um projeto que invista na construção da cidade”, explicou o republicano.

Apesar disso, o tucano se esquivou ao ser questionado sobre o novo apoio. “Vim apenas cumprimentar um grande amigo, não conversamos sobre isso ainda, não estou sabendo de nada”, disse, evasivo, retirando-se do restaurante onde Russomanno estava almoçando com seus aliados.

Atualmente, 11 dos 21 vereadores eleitos fazem parte da base do tucano, sendo eles Edson Sardano (PTB), Pedrinho Botaro (PSDB), Sargento Lobo (SD), Elian Santana (SD), Almir Cicote (PSB), Lucas Zacarias (PTB), Edilson Fumassa (PSDB), Marcelo Chehade (PSDB), Rodolfo Donetti (PPS), Fábio Lopes (PPS) e professor Jobert Minhoca (PSDB).

Em Santo André, o PRB detém dois parlamentares: o atual presidente da Câmara e vereador reeleito, bispo Ronaldo do Castro, e o também reeleito Roberto Rautenberg, defensor da causa animal na cidade. Se concretizada a aliança, o novo prefeito terá 13 integrantes do Legislativo e precisará apenas de mais um para conseguir maioria absoluta na Câmara – dois terços da Casa.

No primeiro turno, o PRB caminhou com a candidatura do ex-prefeito Aidan Ravin (PSB). Porém, na segunda etapa, tanto Ronaldo quanto Rautenberg optaram pela neutralidade, já que o diálogo com Paulo Serra e com o prefeito Carlos Grana (PT), que perdeu a reeleição, não avançou.

Paulo Serra ganhou com 78,21% dos votos no segundo turno, equivalentes a 276.575 adesões, e acabou com o revezamento entre PTB e PT na Prefeitura da cidade.

O novo prefeito faz parte do “cinturão tucano”, uma vez que agora o Grande ABC tem quatro municípios nas mãos do PSDB e os outros três sob a chefia de aliados.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;