Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Modernista brasileiro ganha documentário


Marcela Munhoz

01/11/2016 | 07:00


 Poucos tiveram a chance de conviver com artistas do gabarito de Pablo Picasso. Mas existiram os sortudos. É o caso de Cícero Dias (1907-2003), pintor pernambucano que se radicou em Paris a partir de 1937, fugindo da perseguição política do Estado Novo. Foi quando conviveu com Picasso, experiência que o transformou em pintor de repercussão internacional. Esta incrível história pode ser conferida a partir de quinta-feira no documentário Cícero Dias, o Compadre de Picasso. O filme entra em cartaz em salas da Capital.

A ideia do documentário surgiu por influência do pai do diretor, Vladimir Carvalho (Rock Brasília, entre outros), que desenhava, esculpia e sabia tudo sobre o pintor pernambucano. Em 2005, filmou em Paris mostra sobre Dias e entrou em contato com a viúva e a filha do artista, que colocaram à sua disposição arquivo e o atelier do pintor. A história foi filmada em Paris, Pernambuco (Jundiá e Recife), Curitiba e Rio de Janeiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Modernista brasileiro ganha documentário

Marcela Munhoz

01/11/2016 | 07:00


 Poucos tiveram a chance de conviver com artistas do gabarito de Pablo Picasso. Mas existiram os sortudos. É o caso de Cícero Dias (1907-2003), pintor pernambucano que se radicou em Paris a partir de 1937, fugindo da perseguição política do Estado Novo. Foi quando conviveu com Picasso, experiência que o transformou em pintor de repercussão internacional. Esta incrível história pode ser conferida a partir de quinta-feira no documentário Cícero Dias, o Compadre de Picasso. O filme entra em cartaz em salas da Capital.

A ideia do documentário surgiu por influência do pai do diretor, Vladimir Carvalho (Rock Brasília, entre outros), que desenhava, esculpia e sabia tudo sobre o pintor pernambucano. Em 2005, filmou em Paris mostra sobre Dias e entrou em contato com a viúva e a filha do artista, que colocaram à sua disposição arquivo e o atelier do pintor. A história foi filmada em Paris, Pernambuco (Jundiá e Recife), Curitiba e Rio de Janeiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;