Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos ofusca festa do Verdão

Sociedade Esportiva Palmeiras/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vitória santista não significa que
a disputa pelo título foi reaberta


Tauana Marin

30/10/2016 | 07:00


O Santos balançou a rede apenas uma vez na Vila Belmiro, neste sábado à noite, mas foi o suficiente para derrotar o Palmeiras pela 33ª rodada do Brasileiro. O placar mínimo rendeu ao Peixe a terceira posição na classificação, com 61 pontos. Já o Verdão desperdiçou a chance de ampliar a vantagem na ponta, já que Atlético-MG – agora quarto, com 60 – e Flamengo – vice-líder (62) –, rivais diretos na briga pelo título, haviam empatado por 2 a 2 em Belo Horizonte. Mais do que isso, o Alviverde viu desaparecer invencibilidade de 15 confrontos.

A vitória santista, porém, não significa necessariamente que a disputa pelo título foi reaberta. A vantagem do Palmeiras é confortável. São cinco pontos (67 a 62) faltando cinco rodadas para o final do torneio. No início da rodada, a diferença era de seis para o Flamengo.

Os times criaram, mas tiveram dificuldades para finalizar as jogadas, o que fez com que o jogo permanecesse 0 a 0 nos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, os palmeirenses viram em campo um time acuado e que pouco fez. Fato que o atacante Jonathan Copete aproveitou para marcar e colocar o Santos à frente no placar.

O gol do colombiano manteve alguns tabus. O Verdão não vence na Vila há 11 jogos – foram nove derrotas. Gabriel Jesus vai se despedir sem ter feito gol nos 19 clássicos que disputou – ele vai para o Manchester City, da Inglaterra, no fim do ano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos ofusca festa do Verdão

Vitória santista não significa que
a disputa pelo título foi reaberta

Tauana Marin

30/10/2016 | 07:00


O Santos balançou a rede apenas uma vez na Vila Belmiro, neste sábado à noite, mas foi o suficiente para derrotar o Palmeiras pela 33ª rodada do Brasileiro. O placar mínimo rendeu ao Peixe a terceira posição na classificação, com 61 pontos. Já o Verdão desperdiçou a chance de ampliar a vantagem na ponta, já que Atlético-MG – agora quarto, com 60 – e Flamengo – vice-líder (62) –, rivais diretos na briga pelo título, haviam empatado por 2 a 2 em Belo Horizonte. Mais do que isso, o Alviverde viu desaparecer invencibilidade de 15 confrontos.

A vitória santista, porém, não significa necessariamente que a disputa pelo título foi reaberta. A vantagem do Palmeiras é confortável. São cinco pontos (67 a 62) faltando cinco rodadas para o final do torneio. No início da rodada, a diferença era de seis para o Flamengo.

Os times criaram, mas tiveram dificuldades para finalizar as jogadas, o que fez com que o jogo permanecesse 0 a 0 nos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, os palmeirenses viram em campo um time acuado e que pouco fez. Fato que o atacante Jonathan Copete aproveitou para marcar e colocar o Santos à frente no placar.

O gol do colombiano manteve alguns tabus. O Verdão não vence na Vila há 11 jogos – foram nove derrotas. Gabriel Jesus vai se despedir sem ter feito gol nos 19 clássicos que disputou – ele vai para o Manchester City, da Inglaterra, no fim do ano. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;