Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

São Bernardo participa de 'Troca de Família'

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

13/01/2009 | 07:00


Moradora de São Bernardo, a dona de casa Maria Aurienne Elias participa do primeiro programa da nova temporada de Troca de Família, que a Record exibe hoje e na quinta-feira (dia 15), a partir das 23h15. Durante seis dias, ela conheceu o cotidiano da aldeia hippie Janis Joplin, em Arembepe, no Litoral Norte da Bahia. Enquanto isso, Desirrê Lopes, que vive na comunidade alternativa, mudou-se para a casa de Maria Aurienne.

As duas não poderiam ser mais diferentes e possuem como único ponto em comum o fato de terem uma prole numerosa. Casada com o delegado Kazuyoshi Kawamoto, Maria Aurienne cuida da casa e cria seis filhos de maneira disciplinadora. Apesar do perfil autoritário, é muito extrovertida, fala o que vem à cabeça e gosta de dançar.

Desirrê é casada com o artesão Vicente Nunes (popularmente conhecido como Alceu). Ela cria cinco filhos em um ambiente onde impera a liberalidade. As crianças ajudam a mãe nas atividades domésticas, estudam e se divertem sem qualquer preocupação com a violência.

CRÍTICAS - Maria Aurienne fez duras críticas a Alceu e disse que não participaria novamente do programa. "Não vale a pena ficar longe dos meus filhos para passar o que eu passei. Eles pregam uma coisa e fazem outra. Dizem que não gostam de roupas finas, de luxo, mas não é nada disso. Não deixaram eu medicar as crianças, que estavam com tosse. Ficavam me chamando de ‘perua' porque eu usava roupa com estampa de oncinha".

Ela garantiu que não discriminou os familiares de Desirrê, nem teve dificuldades para lidar com a falta de infra-estrutura da aldeia, onde não há energia elétrica. "Sou da Paraíba e não vim de uma família rica. Nunca passei fome, mas já enfrentei problemas e sei dar valor ao que tenho. Fiquei revoltada porque esse programa não me trouxe nada de positivo, só chateação", desabafa a participante, que chorou durante o programa.


NOVIDADES - Nesta terceira temporada de Troca de Família, que continuará sendo apresentada por Ana Paula Tabalipa, haverá duas famílias do Exterior: uma de Portugal e outra da Argentina. Em uma das trocas, os pais mudarão de residência, não as mães. Assim como ocorreu na edição de 2008, serão 24 famílias participantes.

Cada uma receberá um prêmio de R$ 25 mil (ou o correspondente em moeda local), e quem decidirá como o dinheiro será empregado será a mãe substituta.

Conforme a assessoria de imprensa da Record, a mais recente temporada de Troca de Família teve 14 pontos de audiência média.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo participa de 'Troca de Família'

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;