Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Campus da UFABC em
Mauá emperra no MEC

Haddad havia prometido fechar negócio até o fim de
2011, mas até agora a compra do espaço não foi realizada


Angela Martins
Do Diário do Grande ABC

10/03/2012 | 07:00


Ainda está em processo de avaliação a compra do terreno para construção do campus da UFABC (Universidade Federal do ABC) em Mauá. A saída de Fernando Haddad do comando do MEC (Ministério da Educação) para a entrada de Aloizio Mercadante teria atrasado a conclusão do processo de compra da área de 130 mil metros quadrados, localizada no Parque São Vicente, e que pertence ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Haddad havia prometido fechar negócio até o fim de 2011, mas até agora a compra do espaço, que está dividido em duas áreas, não foi realizada. De acordo com o INSS, a UFABC enviou comunicado, em 17 de janeiro, de que estava encaminhando a solicitação de compra do terreno para o Ministério da Educação, a fim de verificar a disponibilidade de verba. A universidade confirma que o reitor sinalizou positivamente para o MEC quanto ao interesse pelo terreno.

A UFABC afirma que o "MEC vem demonstrando interesse por essa aquisição. Porém a compra do terreno do INSS envolve questões burocráticas que demandam tempo para sua concretização. Nesse momento, sabe-se que o MEC está em processo de avaliação do terreno."

Inicialmente, a UFABC contestou os valores das duas áreas propostos pelo INSS. O instituto, então, solicitou à Caixa Econômica Federal a reavaliação do preço. A Caixa refez os cálculos e fixou o montante em, no mínimo, R$ 42,6 milhões - o pedido inicial era de R$ 50,2 milhões. A primeira área, de 63,3 mil metros quadrados, foi avaliada em R$ 20,7 milhões e a segunda, com 67,3 mil metros quadrados, teve o valor recalculado para R$ 21,9 milhões.

Em 26 de setembro de 2011, o INSS enviou ofício à UFABC informando o resultado da reavaliação e as possíveis formas de pagamento. O documento propôs aquisição à vista ou em 48 parcelas, com 10% de entrada. O INSS aguarda manifestação da universidade.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;