Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

General reconhece Gbagbo como presidente da Costa do Marfim


Do Diário do Grande ABC

13/11/2000 | 14:01


O chefe da ex-junta militar no poder na Costa do Marfim, general Robert Guei, indicou nesta segunda-feira que reconhecia Laurent Gbagbo como presidente e pediu a ``todos os militares que voltem a seus quartéis'', em uma declaraçao à imprensa, em Yamossukro.

O general Guei havia desaparecido depois de sua destituiçao em 25 de outubro passado, provocada por um amplo movimento popular em favor da eleiçao de Gbagbo, o qual Guei tentou contestar se autoproclamando presidente eleito.

Guei assegurou que sua entrevista com Gbagbo em Yamossukro ``se situava dentro da política de busca da paz e da reconciliaçao nacional iniciada em 24 de dezembro de 1999 (data de seu golpe de Estado) e que é hoje perseguida com grande determinaçao pelo presidente da República, Laurent Gbagbo''.

Ao término de sua reuniao com o presidente Gbagbo, Guei indicou que regressará a seu povoado, em Kabacuma (oeste).

Por sua parte, o presidente Gbagbo declarou que ``o importante é que o país entre em um processo de reconciliaçao''.

``Nao sou nem polícia, nem juiz, e me alegro com a declaraçao dele'', assegurou Gbagbo ao ser indagado sobre possíveis medidas contra o general Guei.

A guarda do general Guei, alguns dos membros que nao voltaram aos quartéis depois de 25 de outubro, abriu fogo contra manifestantes pró-Gbagbo, deixando um saldo de 50 mortos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;