Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fiéis homenageiam Nossa Senhora

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

13/10/2016 | 07:00


Cerca de 10 mil fiéis lotaram, ontem, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, localizado no bairro Paulicéia, em São Bernardo, para celebrar o dia da padroeira do Brasil. O bispo da Diocese de Santo André, responsável pelo Grande ABC, dom Pedro Carlos Cipollini, aproveitou a ocasião para criticar a “incompetência” dos políticos brasileiros. As homenagens à santa se espalharam pela região. Além de missas em todas as paróquias, houve cavalgada pelas ruas de São Caetano.

Em São Bernardo, fiéis aproveitaram a data para agradecer as graças atendidas e também expressar a devoção à Nossa Senhora. Responsável por celebrar uma das missas no Santuário, na tarde de ontem, o bispo Dom Pedro Carlos Cipollini criticou a má administração dos atuais políticos do País. “O povo brasileiro tem sido muito ajudado por Nossa Senhora Aparecida, porque (atualmente) não tem aquela escravidão legal, mas tem uma escravidão social, fruto da injustiça, da má gestão. Não é só corrupção (o problema). É incapacidade. São pessoas que não têm condições de gerir a coisa pública. É a incompetência que faz muitas vítimas no Brasil, mas o povo aguenta”, criticou o líder religioso.

Para o bispo, Nossa Senhora Aparecida ajuda o povo a suportar as dificuldades e situações “de calamidade” que o País vive nos últimos anos.

Devota da santa desde criança, a servidora pública Benedita Aparecida Lopes, 59 anos, aproveitou a oportunidade para agradecer as graças alcançadas ao longo do último ano. “É um ritual desde minha juventude. Eu mesma só estou aqui por conta de Nossa Senhora Aparecida. Minha mãe teve complicações durante minha gestação que colocaram em risco meu parto. Naquela época, ela fez uma promessa de que, se tudo desse certo, iria colocar Aparecida no meu nome”, relata.

Após ser submetida a uma cirurgia no joelho esquerdo para colocação de prótese, a aposentada Tania Magalhães, 68, foi ontem até o santuário homenagear a santa. “Além de ela me ajudar, Nossa Senhora Aparecida também é uma mãe para todos nós. Ela é tudo.”

 

CAVALGADA

Fiéis da região também participaram, em São Caetano, da 14ª Cavalgada em homenagem à santa na manhã de ontem. O evento reuniu cerca de 1.000 cavaleiros e outros milhares de católicos, de diversas partes de São Paulo e de outros Estados, que acompanharam a procissão de carro, moto, bicicleta ou a pé.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;