Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sobe para 233 o número de pessoas mortas na China


Da AFP

28/12/2003 | 16:30


Sobe para 233 o número de mortos na explosão de um poço de gás no sudeste da China, segundo novos números divulgados pela agência Nova China.

Novos corpos foram descobertos nas cidades vizinhas. Nove mil pessoas tiveram que fazer um tratamento médico de desintoxicação.

O acidente ocorreu na terça-feira passada e afetou principalmente crianças e idosos que viviam na região da jazida de gás de Chuandongbei, a 300 km da cidade de Chongqing.

No total, mais de 43 mil pessoas foram evacuadas da região, revelou o jornal de língua inglesa China Daily.

No sábado foram concluídas as operações de socorro e o poço fechado, informaram as autoridades, que destacaram que as pessoas retiradas da região não poderão voltar para suas casas antes de 1º de janeiro por motivos de segurança.

O governo chinês espera que os habitantes possam voltar para suas casas antes da festa do ano novo lunar, no dia 22 de janeiro.

A emissora de televisão Fênix, em Hong Kong, informou que a maioria das pessoas não tem onde ficar.

Os trabalhos de resgate, que contaram com a participação de 2,1 mil soldados, policiais e bombeiros, terminaram na madrugada de sábado e a obstrução dos poços de Chuandongbei, de onde escapavam os gases tóxicos, começou às 9h30.

Um total de 480 metros cúbicos de concreto foi injetado na jazida. O acesso em um raio de cinco quilômetros do local está proibido, exceto aos trabalhadores dos serviços de emergência, explicou a Nova China.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;