Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com gols de Renato Abreu, Fla vira sobre o Campinense



02/05/2013 | 00:17


Com dois gols de Renato Abreu, ambos de falta, o Flamengo venceu de virada o Campinense por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Campina Grande (PB), e por pouco não conseguiu abrir mais um pouco o placar. Se ganhasse com diferença mínima de dois gols, evitaria o jogo de volta, pela segunda fase da Copa do Brasil. Essa partida vai ser realizada em 15 de maio e pode até ser disputada no estádio do Maracanã. Quem se sair melhor nesse confronto vai enfrentar na sequência da competição o ASA-AL ou o Ceará.

 

O Campinense, credenciado pelo título recente da Copa do Nordeste, começou empolgado com o apoio de sua torcida. Chegou ao gol logo no início, em um lance acidental. Jeferson Maranhense chutou de longe, a bola bateu em Renato Santos e enganou o goleiro Felipe. Eram apenas 7 minutos de partida. Pouco depois, o time da casa recuou de modo inesperado, talvez crente de que poderia manter o resultado ou até ampliar o placar na base dos contra-ataques.

 

Mas o que se viu já a partir da metade do primeiro tempo foi o domínio do Flamengo, com atuação destacada do lateral-direito Leonardo Moura, que ganhava todas as jogadas pelo seu setor, e do meia Rafinha, driblador e sempre arisco entre os zagueiros do Campinense.

 

Havia ainda para o Flamengo um outro e fundamental trunfo. As faltas de meia distância. Renato Abreu, exímio cobrador, foi acionado a primeira vez. Cobrou muito bem e a bola bateu no travessão. Depois, teve nova oportunidade em lance de bola parada. Finalizou com força e contou a colaboração direta do goleiro Pantera. O "frango" do adversário marcou a reação do clube rubro-negro carioca.

 

No segundo tempo, a pressão do Flamengo não diminuiu. Em nova cobrança de falta, Renato Abreu fez 2 a 1. Até o fim do jogo, o time carioca criou várias chances com Gabriel, Elias e González, zagueiro chileno que cabeceou a bola na trave já nos acréscimos. Pantera, que falhou no primeiro gol do time carioca, fez defesas difíceis nos minutos finais e garantiu a vinda do Campinense ao Rio de Janeiro.

 

FICHA TÉCNICA:

 

CAMPINENSE-PB 1 x 2 FLAMENGO

 

CAMPINENSE-PB - Pantera; Alberto, Edvânio, Roberto Dias e Panda; Rodrigo César, Glaybson (Tiago Granja), Dedé e Bismarck (Daniel Portugal); Jeferson Maranhense e Zé Paulo (Luiz Paulo). Técnico: Oliveira Canindé.

 

FLAMENGO - Felipe; Leonardo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Amaral (Luiz Antônio), Elias, Renato Abreu (Nixon) e Gabriel; Hernane e Rafinha (Carlos Eduardo). Técnico: Jorginho.

 

GOLS - Jeferson Maranhense, aos 7, e Renato Abreu, aos 27 minutos do primeiro tempo; Renato Abreu, aos 13 minutos do segundo tempo.

 

CARTÕES AMARELOS - Bismarck, Rodrigo César e Edvânio (Campinense-PB).

 

ÁRBITRO - Dewson Freitas (PA).

 

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

 

LOCAL - Estádio Amigão, em Campina Grande (PB).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com gols de Renato Abreu, Fla vira sobre o Campinense


02/05/2013 | 00:17


Com dois gols de Renato Abreu, ambos de falta, o Flamengo venceu de virada o Campinense por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Campina Grande (PB), e por pouco não conseguiu abrir mais um pouco o placar. Se ganhasse com diferença mínima de dois gols, evitaria o jogo de volta, pela segunda fase da Copa do Brasil. Essa partida vai ser realizada em 15 de maio e pode até ser disputada no estádio do Maracanã. Quem se sair melhor nesse confronto vai enfrentar na sequência da competição o ASA-AL ou o Ceará.

 

O Campinense, credenciado pelo título recente da Copa do Nordeste, começou empolgado com o apoio de sua torcida. Chegou ao gol logo no início, em um lance acidental. Jeferson Maranhense chutou de longe, a bola bateu em Renato Santos e enganou o goleiro Felipe. Eram apenas 7 minutos de partida. Pouco depois, o time da casa recuou de modo inesperado, talvez crente de que poderia manter o resultado ou até ampliar o placar na base dos contra-ataques.

 

Mas o que se viu já a partir da metade do primeiro tempo foi o domínio do Flamengo, com atuação destacada do lateral-direito Leonardo Moura, que ganhava todas as jogadas pelo seu setor, e do meia Rafinha, driblador e sempre arisco entre os zagueiros do Campinense.

 

Havia ainda para o Flamengo um outro e fundamental trunfo. As faltas de meia distância. Renato Abreu, exímio cobrador, foi acionado a primeira vez. Cobrou muito bem e a bola bateu no travessão. Depois, teve nova oportunidade em lance de bola parada. Finalizou com força e contou a colaboração direta do goleiro Pantera. O "frango" do adversário marcou a reação do clube rubro-negro carioca.

 

No segundo tempo, a pressão do Flamengo não diminuiu. Em nova cobrança de falta, Renato Abreu fez 2 a 1. Até o fim do jogo, o time carioca criou várias chances com Gabriel, Elias e González, zagueiro chileno que cabeceou a bola na trave já nos acréscimos. Pantera, que falhou no primeiro gol do time carioca, fez defesas difíceis nos minutos finais e garantiu a vinda do Campinense ao Rio de Janeiro.

 

FICHA TÉCNICA:

 

CAMPINENSE-PB 1 x 2 FLAMENGO

 

CAMPINENSE-PB - Pantera; Alberto, Edvânio, Roberto Dias e Panda; Rodrigo César, Glaybson (Tiago Granja), Dedé e Bismarck (Daniel Portugal); Jeferson Maranhense e Zé Paulo (Luiz Paulo). Técnico: Oliveira Canindé.

 

FLAMENGO - Felipe; Leonardo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Amaral (Luiz Antônio), Elias, Renato Abreu (Nixon) e Gabriel; Hernane e Rafinha (Carlos Eduardo). Técnico: Jorginho.

 

GOLS - Jeferson Maranhense, aos 7, e Renato Abreu, aos 27 minutos do primeiro tempo; Renato Abreu, aos 13 minutos do segundo tempo.

 

CARTÕES AMARELOS - Bismarck, Rodrigo César e Edvânio (Campinense-PB).

 

ÁRBITRO - Dewson Freitas (PA).

 

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

 

LOCAL - Estádio Amigão, em Campina Grande (PB).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;