Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

RJ quer conscientizar idosos sobre velhice saudável


Do Diário do Grande ABC

30/09/1999 | 18:24


Segundo a Organizaçao Mundial de Saúde (OMS), na segunda década do século XXI o Brasil será o 6º país em populaçao idosa no mundo. Com o objetivo de informar os idosos sobre a possibilidade de uma velhice saudável e também de preparar os ainda jovens para a terceira idade, será lançado sábado - Dia Internacional do Idoso - um movimento global para o envelhecimento ativo.

Na praia de Copacabana, zona sul do Rio, a data será celebrada com uma caminhanha em ritmo de samba, marcada por um desfile improvisado que contará a história da presença do idoso na sociedade. A festa carioca será transmitida pela emissora norte-americana CNN para todo o mundo.

O movimento é uma prévia da Conferência Internacional do Idoso, que vai ser realizada no Rio em 2002. O Dia do Idoso será lembrado em 1,5 mil cidades de 86 países que vao se mobilizar em um "abraço ao mundo", com início à meia-noite de sexta-feira, na Nova Zelândia. Com o apoio da Organizaçao das Naçoes Unidas (ONU), que instituiu o ano de 1999 como o Ano do Idoso, cada cidade terá a incumbência de mostrar a terceira idade de forma positiva, sempre através de uma manifestaçao típica da regiao.

Na terra do carnaval, toda a cidade do Rio estará mobilizada. Para facilitar o acesso a Copacabana, metrô e trens serao gratuitos para idosos (a partir de 60 anos) e seus acompanhantes, no período de 11 às 21 horas. Além disso, o intervalo entre os ônibus será reduzido. No Leme, ponto final da caminhada, voluntários farao testes clínicos, como mediçao de pressao, taxas de triglicerídeos e de colesterol, além de distribuiçao de folhetos informativos sobre doenças como diabetes, tuberculose e hanseníase.

Uma vez checadas as condiçoes de saúde, todos poderao cair no samba: Neguinho da Beija-Flor e Sérgio, puxador da Uniao da Ilha, vao se apresentar na Praça Almirante Júlio de Noronha para um público estimado em 10 mil pessoas. O "desfile" pela praia de Copacabana terá início às 14 horas, na Rua Hilário de Gouveia. Alas compostas por integrantes de Velhas Guardas de agremiaçoes cariocas, de representantes do governo estadual e também de crianças estarao lado a lado com idosos que se apresentarao em cinco carros conversíveis antigos. Baterias mirins irao dar o tom da festa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

RJ quer conscientizar idosos sobre velhice saudável

Do Diário do Grande ABC

30/09/1999 | 18:24


Segundo a Organizaçao Mundial de Saúde (OMS), na segunda década do século XXI o Brasil será o 6º país em populaçao idosa no mundo. Com o objetivo de informar os idosos sobre a possibilidade de uma velhice saudável e também de preparar os ainda jovens para a terceira idade, será lançado sábado - Dia Internacional do Idoso - um movimento global para o envelhecimento ativo.

Na praia de Copacabana, zona sul do Rio, a data será celebrada com uma caminhanha em ritmo de samba, marcada por um desfile improvisado que contará a história da presença do idoso na sociedade. A festa carioca será transmitida pela emissora norte-americana CNN para todo o mundo.

O movimento é uma prévia da Conferência Internacional do Idoso, que vai ser realizada no Rio em 2002. O Dia do Idoso será lembrado em 1,5 mil cidades de 86 países que vao se mobilizar em um "abraço ao mundo", com início à meia-noite de sexta-feira, na Nova Zelândia. Com o apoio da Organizaçao das Naçoes Unidas (ONU), que instituiu o ano de 1999 como o Ano do Idoso, cada cidade terá a incumbência de mostrar a terceira idade de forma positiva, sempre através de uma manifestaçao típica da regiao.

Na terra do carnaval, toda a cidade do Rio estará mobilizada. Para facilitar o acesso a Copacabana, metrô e trens serao gratuitos para idosos (a partir de 60 anos) e seus acompanhantes, no período de 11 às 21 horas. Além disso, o intervalo entre os ônibus será reduzido. No Leme, ponto final da caminhada, voluntários farao testes clínicos, como mediçao de pressao, taxas de triglicerídeos e de colesterol, além de distribuiçao de folhetos informativos sobre doenças como diabetes, tuberculose e hanseníase.

Uma vez checadas as condiçoes de saúde, todos poderao cair no samba: Neguinho da Beija-Flor e Sérgio, puxador da Uniao da Ilha, vao se apresentar na Praça Almirante Júlio de Noronha para um público estimado em 10 mil pessoas. O "desfile" pela praia de Copacabana terá início às 14 horas, na Rua Hilário de Gouveia. Alas compostas por integrantes de Velhas Guardas de agremiaçoes cariocas, de representantes do governo estadual e também de crianças estarao lado a lado com idosos que se apresentarao em cinco carros conversíveis antigos. Baterias mirins irao dar o tom da festa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;