Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Acusado nega ser bicheiro e diz ter sido extorquido por Diniz


Do Diário OnLine
Com Agências

16/02/2004 | 10:32


O presidente da Gerplan, Carlos Augusto Ramos (‘Carlinhos Cachoeira’), negou nesta segunda-feira ser bicheiro. Ele afirmou que foi vítima de extorsão por parte do ex-subchefe de Assuntos Parlamentares da Presidência da República e ex-presidente da Loterj Waldomiro Diniz, que teria pedido dinheiro em 2002 para financiar campanhas do PT e da governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus (PMDB).

A empresa de Carlinhos Cachoeira é detentora da tecnologia de uma máquina que faz apostas de forma similar às do jogo do bicho. O aparelho ganhou outro nome e foi usado para ‘legalizar’ o jogo do bicho em Estados como Goiás e Minas Gerais.

Carlinhos Cachoeira afirmou em entrevista à Rádio CBN que não pagou a propina que Diniz lhe pediu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;