Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

No Sul, Ponte Preta enfrenta o Atlético-PR para ganhar posições no Brasileirão



25/09/2016 | 06:30


Para recuperar a motivação na sua caminhada no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta encara o jogo contra o Atlético Paranaense, neste domingo, às 11 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 27.ª rodada, como um duelo de seis pontos. Na tabela de classificação, os dois rivais têm 39 pontos, com o time paulista somando uma vitória a menos: 12 a 11. Por coincidência, os dois foram eliminados, na última quarta-feira, da Copa do Brasil.

O técnico Eduardo Baptista manteve o seu discurso de que é preciso manter "a mesma intensidade" dentro de campo. Nada melhor do que superar o abatimento natural gerado pela saída da Copa do Brasil "com uma grande atuação no Brasileiro porque a vida segue e temos que levantar a cabeça e seguir em frente".

Como já iria priorizar a competição, o time espera buscar posições na tabela de classificação. A comissão técnica ainda objetiva somar 46 pontos para se garantir na Série A em 2017. Mas os próprios jogadores acham que o grupo tem capacidade de ir mais longe e até buscar uma vaga para a Copa Libertadores.

Quem tomou a frente desta nova meta foi o centroavante Roger, um dos artilheiros do time com seis gols e que exerce a força de liderança no grupo por ter 31 anos e ser formado na base do clube. "Faltam 12 jogos. Se somarmos alguns pontos fora de casa e venceremos os jogos em casa, nós vamos chegar entre os quatro primeiros colocados", afirmou o atacante.

Em relação ao time que empatou com o Atlético Mineiro por 2 a 2, na última quarta-feira, em Campinas (SP), são três mudanças e um novo titular. Na defesa, Jeferson entra na lateral direita no lugar de Nino Paraíba, que sentiu uma lesão muscular na coxa direita. O zagueiro Antônio Carlos foi mantido na vaga de Douglas Grolli, que cumpriu suspensão automática e perdeu a vaga.

No meio de campo, Wendel volta no lugar de Thiago Galhardo, ainda sentindo dores no tornozelo esquerdo e que deve ficar na reserva. No ataque entra William Pottker na vaga de Felipe Azevedo, que fez um dos gols na última quarta-feira, mas sentiu a intensidade do jogo e ficou com muitas dores musculares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;