Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Atacado pelos rivais, Saulo se exalta em debate em Ribeirão

Anderson Silva/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito e candidato do PMDB à reeleição atropelou regras para rebater críticas dos adversários


Vitória Rocha
Especial para o Diário

23/09/2016 | 07:00


Com gestão constantemente criticada por adversários, o prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), se exaltou durante o debate de ontem. Em evento promovido pelo jornal local Diário de Ribeirão Pires, o peemedebista chegou a interromper a afirmação de outros candidatos e o discurso do mediador, usando um tempo que não era seu, segundo as regras do debate, para rebater as críticas dos oposicionistas.

Ao longo do ato, Saulo evitou responder objetivamente às perguntas dos jornalistas e dos internautas e usou seu tempo de resposta e de réplica para tecer ataques efusivos ao ex-chefe do Executivo de Rio Grande da Serra Adler Kiko Teixeira (PSB) e até mesmo ao ex-prefeito Luiz Carlos Grecco (PRB), acusando-os de desconhecimento sobre sua administração e mentiras sobre a situação da cidade. Edinaldo de Menezes, o Dedé (PPS), foi poupado pelo atual gestor de Ribeirão Pires.

“Para você que está nos assistindo: não existe obra parada. Existe a obra do teleférico, que está lenta, mas eu fico triste porque o ex-prefeito de Rio Grande da Serra fala que não vai continuar. Uma obra com custo de R$ 35 milhões, com recurso do governo federal, vai gerar renda e aquecer nossa economia. A gente fica muito triste porque ele foi prefeito em Rio Grande e não adotou uma política de desenvolvimento (do município)”, disse Saulo, em réplica a uma pergunta para José Lima (PSTU) sobre infraestrutura, quebrando as regras do debate que só permitiam réplica.

Candidato à reeleição, o prefeito também criticou a forma como estava sendo realizado evento, interrompendo o mediador diversas vezes e causando tumulto, chegando a alegar que “é prefeito” e deveria ter direito a rebater os apontamentos dos adversários.

GESTÃO PASSADA
Além da exaltação com as críticas à gestão, Saulo também evitou trazer novas propostas caso consiga chegar ao segundo mandato e ficou constantemente relembrando os feitos da atual administração. “Eu sou o prefeito que mais investiu em Segurança Pública, inclusive, diferentemente de Rio Grande, que não tem nem guarda municipal. Eu tenho dó da cidade de Rio Grande”, disse, novamente alfinetando Kiko.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;