Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano encara uma semana crítica


Edélcio Cândido
Do Diário do Grande ABC

03/04/2001 | 00:03


Priorizar a Libertadores ou o Paulistão? O presidente do São Caetano, Nairo Ferreira de Souza, admite que o clube não tem escolha e a equipe vai encarar uma semana crítica na “maratona desumana” com jogos decisivos nas duas competições. O primeiro é sexta-feira, às 20h, diante do Defensor, do Uruguai, no estádio Anacleto Campanella, pela Copa Libertadores da América. O segundo, 44 horas depois, enfrentando a Portuguesa Santista, domingo às 16h, em Santos, pelo Paulista. Uma derrota comprometerá bastante o São Caetano rumo a uma vaga à próxima fase.

Nos dois importantes confrontos, o time do técnico Jair Picerni necessita da vitória para não correr riscos de ficar de fora das duas próximas fases dos torneios. “Vamos para as duas batalhas com fé, coragem e tudo mais. Não adianta espernear. Já passamos por momentos semelhantes quando atuamos numa quinta-feira no Equador (contra o Olmedo) e no domingo em Araras (União). Depois jogamos numa quarta-feira no México (Cruz Azul) e no domingo no Parque Antártica (Palmeiras). Bem que tentamos adiar algumas partidas, para ganhar um fôlego, mas a Federação Paulista não aceita, pois o pacote dos jogos do Paulistão está vinculado ao esquema de TV”, disse Nairo.

Para o advogado do clube, João Zanforlin, existe a lei das 66 horas do Código do CBDF (Código Brasileiro Disciplinar de Futebol), entre uma partida e outra, mas deixa claro que “tudo para o São Caetano tem sido mais difícil”. O meio-campista Adãozinho, do Azulão, abre o coração e acha desumano jogar duas partidas quase seguidas. “Todos sofreram com a viagem suicida ao Equador. Ela arrebentou com a gente, mas já nos recuperamos”, afirmou.

Porém, nem tudo é preocupação no Azulão. Picerni começa nesta terça pela manhã a preparação para enfrentar o Defensor, sabendo que terá o zagueiro Daniel, o lateral César e o meia Esquerdinha, quase recuperado de contusão no joelho esquerdo. O meia Aílton continua em tratamento de lesão no joelho esquerdo.

Para César, a semana de treinos em Atibaia já deu frutos. “O time fez uma boa partida contra a Ponte Preta, mas perdemos nos pênaltis. Paciência”.

No São Caetano, nem Picerni está mais disposto a fazer contas matemáticas para se classificar tanto na Libertadores como no Paulistão. “Temos de pensar sempre em vencer. Dá para pensar diferente?”, disse.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;