Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Santa Fé do Sul: povo acolhedor e muito sol


Christiane Ferreira
Enviada a Santa Fé do Sul

15/10/2003 | 20:06


Terra vermelha, sol escaldante e povo acolhedor. É assim que se pode resumir a cidade de Santa Fé do Sul, ou Santa Fé do Sol, como preferem chamar seus moradores. Não à toa, já que a média de temperatura na cidade fica por volta dos 35°C.

Localizada na região dos Grandes Lagos, a 650 km da cidade de São Paulo, Santa Fé do Sul ganhou o título de Estância Turística em 3 de abril deste ano. O município está na área das Três Fronteiras, onde estão as divisas de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo. Mais parece uma cidade de bonecas, com os monumentos preservados e o povo hospitaleiro, sempre pronto a dar uma informação com um sorriso no rosto.

A Mata dos Macacos, área de preservação florestal que abriga cerca de 50 macacos-prego, é um dos locais de passeio. O visitante pode levar frutas para alimentar os animais, que vêm comer na mão. Para não perder a viagem, o melhor dia da semana para visitá-los é durante a semana, quando os animais estão mais famintos. Assim, a chance de encontrá-los é maior.

A área territorial de Santa Fé do Sul limita-se em 208 km² devido ao Grande Lago, formado pela construção da usina hidrelétrica de Ilha Solteira. Com isso, um dos programas náuticos é o Parque Turístico das Águas Claras, que fica às margens do lago de Ilha Solteira. No âmbito cultural, há o prédio da antiga Estação Ferroviária Fepasa, que foi restaurado e abriga o museu da cidade. Há também o museu a céu aberto, que abriga a cruz da primeira missa realizada pelo frei Canuto em 24 de junho de 1948. Mais informações na Secretaria de Turismo (0XX17 3631-1422).

A sete quilômetros de Santa Fé do Sul, está o município de Rubinéia, onde é possível realizar um dos passeios mais prazerosos, no qual o turista pega uma embarcação, a Professorinha. O passeio é feito ao longo do rio Paraná, onde é possível avistar a ponte Rodoferroviária e o encontro das águas dos rios Paranaíba e Grande, com o início do rio Paraná. O passeio vai das 9h às 17h30, com direito a café da manhã, aperitivo e almoço. Adultos pagam R$ 30, crianças até 5 anos não pagam e de 5 a 11 anos pagam R$ 20. Informações: (0XX17 3631-1645).

A jornalista viajou a convite da AMITtur (Associação dos Municípios de Interesse Turístico)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;