Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Volpi:'agora vai demorar mais um mês'


Flávia Braz
Especial para o Diário do Grande ABC

23/05/2006 | 07:42


Três dias após anunciar que daria uma "sacudida" no primeiro e segundo escalões de seu governo, o prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), resolveu adiar a reforma administrativa, prevista para ocorrer até o início da próxima semana. O motivo, segundo o chefe do Executivo, foi o clima de expectativa e instabilidade que o assunto gerou entre o secretariado. "Agora vai demorar mais um mês (para fazer as mudanças). Tem que esperar a poeira baixar", afirmou nesta segunda-feira o prefeito, que passou a tarde toda reunido com sua equipe de adminstração.

Apesar de a dança de cadeiras ter sido alvo de comentários durante todo o dia, a maioria dos secretários limitou-se a dizer que "está à disposição" de Volpi. "Sou um soldado do prefeito. Meu cargo é de confiança, qualquer alteração estou à serviço dele", afirmou o titular da Pasta de Planejamento Urbano, Dalton Hamada, que, segundo bastidores, permanecerá no governo.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Menato, que também integra a ala dos "homens de confiança" do prefeito, adotou o mesmo discurso, mas deixou escapar que acredita em sua permanência. "Eu sou de confiança do prefeito, vou ficar onde estou. Como minha Pasta não entrará nisso (reforma administrativa), procuro ficar fora dessa conversa", comentou Menato. O titular da Pasta de Finanças, Mauricio Spolidório, mostrou-se surpreso com a possibilidade de deixar a linha de frente do governo. "Descobri isso hoje (nesta segunda-feira). Foi minha esposa quem me contou", revelou Spolidório, que reuniu-se com Volpi, de manhã, em busca de esclarecimentos. "Ele (prefeito) disse que era boataria, que não tinha nada certo. Não confirmou nada e ainda falou que não haverá mudanças na Pasta de Finanças."

Pessoas ligadas diretamente ao prefeito, no entanto, reiteraram nesta segunda-feira as informações veiculadas pelo Diário na edição de domingo. Segundo fontes, além de Marcelo Menato e Dalton Hamada, somente devem permanecer na Prefeitura de Ribeirão a secretária de Assuntos Jurídicos, Eliana Bernardo da Silva, e o chefe da Pasta de Obras e Serviços, Aurélio Francisco Carpinelli, o Lelo.

Novo rumo – "Temos que dar uma retomada no rumo quando ele não está indo bem", justifica assim Volpi sua sexta mudança na administração. O prefeito disse que estratégias da vida pública podem ser comparadas às de uma empresa. "Quando ela (empresa) não está produzindo, faz reajustes. Na vida pública isso é normal, você tem que aprender a fazer mudanças no tempo certo", disse.

(Supervisão de Lola Nicolás)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;