Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Abílio Diniz elogia estabilidade e critica impostos


Do Diário OnLine

10/05/2002 | 12:00


O diretor-presidente do Grupo Pão de Açúcar, empresário Abílio Diniz, disse nesta sexta-feira que a estabilidade política e econômica do Brasil nos últimos 10 anos foi importante para o desenvolvimento das empresas do país.

“No início da década de 80 nós vivemos um período de hiperinflação e, a partir de 1994, passamos a viver com uma estabilidade monetária que realmente trouxe um cenário novo para nós brasileiros que já estávamos desacostumados a conviver com a estabilização”, disse o empresário em entrevista à Rádio Eldorado

Diniz, que não falava com a imprensa há cerca de três anos, defendeu um aumento salarial, compensando as perdas com a desvalorização do real em 1999, para incentivar o 'consumo e desenvolvimento no país'.

Apesar de elogiar a estabilidade econômica brasileira durante a gestão de FHC, Diniz reclamou dos impostos. “A carga tributária no país, nestes últimos anos, durante o governo do Fernando Henrique Cardoso e durante a gestão do ministro Malan, subiu de 26% a 27% do PIB para 34%. Isto é um absurdo para um país que pretende se desenvolver, um país emergente, como é o caso do Brasil”.

O empresário afirmou que os tributos brasileiros inibem o sistema produtivo e geram o aumento na economia informal. Ele reconheceu que esta discussão não deve acontecer em ano eleitoral, mas ressaltou a importância das mudanças.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;