Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Força realiza carreata em São Paulo pela correção do IR


Do Diário OnLine

10/05/2004 | 16:04


A Força Sindical realizou nesta segunda-feira um protesto para pressionar o governo pela correção da tabela do Imposto de Renda. Os manifestantes saíram em carreata da Federação dos Metalúrgicos de São Paulo, na Rua Pará, e seguiram até a sede do Ministério da Fazenda, na Avenida Prestes Maia, no centro da capital paulista.

A tabela não é corrigida desde 1996. Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Socioeconômicas), a defasagem é de 55,3%, sendo 39,5% da época do governo Fernando Henrique Cardoso e 11,32% acumulados nos 15 meses do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O presidente da Força, Paulo Pereira da Silva, não fez projeção de valores, mas defende o reajuste imediato da tabela para ampliação do rendimento líquido dos contribuintes. "Corrigir a tabela representa aumento de consumo e retorno aos cofres públicos, via impostos. É também injusto com os trabalhadores que tiveram a correção de seus salários pela inflação, sem aumento real, e passaram a pagar o Imposto de Renda por ter ultrapassado o limite de isenção", disse.

Participaram do ato os sindicatos dos metalúrgicos de São Paulo, Osasco e São Caetano, a Federação dos Metalúrgicos de São Paulo e os sindicatos de costureiras, hoteleiros, gráficos, papeleiros, joalheiros e comerciários.

Reunião — Representantes de sindicatos ligados à CUT (Central Única dos Trabalhadores) e o presidente da central, Luiz Marinho, se reúnem na terça-feira com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para cobrar a correção da tabela do IR.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, José Lopez Feijóo, o presidente No último dia 29, os sindicalistas se reuniram com o ministro para reivindicar a correção da tabela. Palocci pediu dez dias de prazo para fazer um estudo e prometeu dar a resposta nesta terça-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;