Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Olhares raros sobre São Paulo

Ana Lima/Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Luciane Mediato
Especial para o Diário

20/01/2011 | 08:40


Diariamente passamos pelas ruas das cidades apressados e correndo contra os ponteiros do relógio. Com essa rotina frenética muitos detalhes passam despercebidos aos nossos olhos. E são esses locais pouco notados no dia a dia que a exposição Descobrindo São Paulo mostra para o público de São Bernardo, a partir de hoje, às 19h, na Biblioteca Ilva Aceto Maranesi, no Jardim do Mar.

A mostra com 30 fotografias da jornalista Ana Lima busca olhar sobre o desconhecido e o inusitado dentro da Capital paulista, além de ser um presente para a cidade, que completa 457 anos no dia 25. "As imagens não são apenas de lugares ou construções. Registrei imagens que representam a alma da cidade, que vão desde o agricultor de Parelheiros até a cripta da Igreja da Sé, local que pouquíssimas pessoas conhecem", diz Ana.

Na exposição é possível fazer uma viagem ao desconhecido. Passear pelo túnel de fuga do Batalhão Tobias de Aguiar (Rota), visitar o acampamento de ciganos do Itaim Paulista, contemplar o Templo do Solo Sagrado às margens da Represa Guarapiranga ou então conhecer os índios guarani da tribo Krukutu, concentrada em Engenheiro Marsilac, bairro localizado na Zona Sul. "Toda essa riqueza de culturas não é percebida, porque ninguém se dispõe a perceber as coisas com um olhar mais profundo", observa a jornalista.

Para a curadora da mostra, Jô Rabelo, as tradições que por vezes acreditamos estarem perdidas se encontram a poucos passos, no homem, na esquina, ou na mulher que olha pela janela do ônibus lotado. A exposição mostra flashes desta cidade exposta apenas aos que querem ter um olhar atento. "O inusitado faz parte do nosso cotidiano. Está nas pessoas, nas histórias dos seres humanos e na etnia de cada um", afirma Jô, que é professora de fotografia dos cursos de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo.

As fotografias fazem parte do livro reportagem que Ana Lima fez para conclusão do curso de jornalismo e a mostra gratuita estará em exposição de terça a sábado das 9h às 17h até 26 de fevereiro.

Descobrindo São Paulo Exposição fotográfica. Na Biblioteca Ilva Aceto Maranesi - Rua Kara, 105, Jardim do Mar. Tel.: 4125-2379. Entrada franca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Olhares raros sobre São Paulo

Luciane Mediato
Especial para o Diário

20/01/2011 | 08:40


Diariamente passamos pelas ruas das cidades apressados e correndo contra os ponteiros do relógio. Com essa rotina frenética muitos detalhes passam despercebidos aos nossos olhos. E são esses locais pouco notados no dia a dia que a exposição Descobrindo São Paulo mostra para o público de São Bernardo, a partir de hoje, às 19h, na Biblioteca Ilva Aceto Maranesi, no Jardim do Mar.

A mostra com 30 fotografias da jornalista Ana Lima busca olhar sobre o desconhecido e o inusitado dentro da Capital paulista, além de ser um presente para a cidade, que completa 457 anos no dia 25. "As imagens não são apenas de lugares ou construções. Registrei imagens que representam a alma da cidade, que vão desde o agricultor de Parelheiros até a cripta da Igreja da Sé, local que pouquíssimas pessoas conhecem", diz Ana.

Na exposição é possível fazer uma viagem ao desconhecido. Passear pelo túnel de fuga do Batalhão Tobias de Aguiar (Rota), visitar o acampamento de ciganos do Itaim Paulista, contemplar o Templo do Solo Sagrado às margens da Represa Guarapiranga ou então conhecer os índios guarani da tribo Krukutu, concentrada em Engenheiro Marsilac, bairro localizado na Zona Sul. "Toda essa riqueza de culturas não é percebida, porque ninguém se dispõe a perceber as coisas com um olhar mais profundo", observa a jornalista.

Para a curadora da mostra, Jô Rabelo, as tradições que por vezes acreditamos estarem perdidas se encontram a poucos passos, no homem, na esquina, ou na mulher que olha pela janela do ônibus lotado. A exposição mostra flashes desta cidade exposta apenas aos que querem ter um olhar atento. "O inusitado faz parte do nosso cotidiano. Está nas pessoas, nas histórias dos seres humanos e na etnia de cada um", afirma Jô, que é professora de fotografia dos cursos de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo.

As fotografias fazem parte do livro reportagem que Ana Lima fez para conclusão do curso de jornalismo e a mostra gratuita estará em exposição de terça a sábado das 9h às 17h até 26 de fevereiro.

Descobrindo São Paulo Exposição fotográfica. Na Biblioteca Ilva Aceto Maranesi - Rua Kara, 105, Jardim do Mar. Tel.: 4125-2379. Entrada franca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;