Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Schumacher é hepta na F-1; Raikkonen vence na Bélgica


Do Diário OnLine

29/08/2004 | 11:29


O piloto alemão Michael Schumacher, da Ferrari, garantiu o heptacampeonato mundial de Fórmula 1, neste domingo, ao terminar em segundo lugar no Grande Prêmio da Bélgica, disputado no circuito de Spa-Francochamps.

O finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, venceu a prova, enquanto o brasileiro Rubens Barrichello completou o pódio.

A prova começou mal para Michael Schumacher, que foi ultrapassado por Fernando Alonso, da Renault, e por David Coulthard, da McLaren, já na primeira curva. Porém, um acidente entre a BAR, Jaguar e Minardi obrigou a entrada do safety car, o que aproximou os pilotos.

Com a lentidão provocada pela entrada do safety car, os pneus de sua Ferrari esfriaram e ele acabou caindo para a sexta posição. No entanto, nas voltas seguintes, o piloto usou a estratégia da equipe e voltou à segunda colocação após uma ultrapassagem.

A corrida foi boa para Felipe Massa, da Sauber, que ficou em quarto lugar. Seu companheiro de equipe, o italiano Giancarlo Fisichella, foi o quinto.

Ricardo Zonta, titular da Toyota pela segunda vez no ano, largou em último, mas conseguiu se manter em quarto até perto do fim da prova. Porém, um problema no carro fez com que ele abandonasse a prova faltando três voltas para o final. Antonio Pizzonia, que substitui Ralf Schumacher na Williams, também não terminou a prova.

Recordes — O alemão soma 83 vitórias na carreira, bem acima do francês Alain Prost, com 51 conquistas, e mas que o dobro do brasileiro Ayrton Senna, que esteve por 41 vezes no posto mais alto do pódio.

Schumacher ainda acumula outros recordes, como o piloto que mais liderou voltas na categoria (4.568), o maior número de vitórias largando na pole position (36) e a conquista do maior número de pódios consecutivos (19).

Porém, ele ainda precisa de mais três pole positions para ultrapassar a marca de Ayrton Senna, que largou por 65 vezes na primeira colocação.

Confira como terminou o GP da Bélgica:

1. Kimi Raikkonen (FIN/McLaren)
2. Michael Schumacher (ALE/Ferrari)
3. Rubens Barrichello (BRA/Ferrari)
4. Felipe Massa (BRA/Sauber)
5. Giancarlo Fisichella (ITA/Sauber)
6. Christian Klien (AUT/Jaguar)
7. David Coulthard (ESC/McLaren)
8. Olivier Panis (FRA/Toyota)
9. Jarno Trulli (ITA/Renault)

Abandonaram

Ricardo Zonta (BRA/Toyota)
Nick Heidfeld (ALE/Jordan)
Juan Pablo Montoya (COL/Williams)
Antonio Pizzonia (BRA/Williams)
Jenson Button (ING/BAR)
Zsolt Baumgartner (HUN/Minardi)
Fernando Alonso (ESP/Renault)
Mark Webber (AUS/Jaguar)
Takuma Sato (JAP/BAR)
Gianmaria Bruni (ITA/Minardi)
Giorgio Pantano (ITA/Jordan)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Schumacher é hepta na F-1; Raikkonen vence na Bélgica

Do Diário OnLine

29/08/2004 | 11:29


O piloto alemão Michael Schumacher, da Ferrari, garantiu o heptacampeonato mundial de Fórmula 1, neste domingo, ao terminar em segundo lugar no Grande Prêmio da Bélgica, disputado no circuito de Spa-Francochamps.

O finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, venceu a prova, enquanto o brasileiro Rubens Barrichello completou o pódio.

A prova começou mal para Michael Schumacher, que foi ultrapassado por Fernando Alonso, da Renault, e por David Coulthard, da McLaren, já na primeira curva. Porém, um acidente entre a BAR, Jaguar e Minardi obrigou a entrada do safety car, o que aproximou os pilotos.

Com a lentidão provocada pela entrada do safety car, os pneus de sua Ferrari esfriaram e ele acabou caindo para a sexta posição. No entanto, nas voltas seguintes, o piloto usou a estratégia da equipe e voltou à segunda colocação após uma ultrapassagem.

A corrida foi boa para Felipe Massa, da Sauber, que ficou em quarto lugar. Seu companheiro de equipe, o italiano Giancarlo Fisichella, foi o quinto.

Ricardo Zonta, titular da Toyota pela segunda vez no ano, largou em último, mas conseguiu se manter em quarto até perto do fim da prova. Porém, um problema no carro fez com que ele abandonasse a prova faltando três voltas para o final. Antonio Pizzonia, que substitui Ralf Schumacher na Williams, também não terminou a prova.

Recordes — O alemão soma 83 vitórias na carreira, bem acima do francês Alain Prost, com 51 conquistas, e mas que o dobro do brasileiro Ayrton Senna, que esteve por 41 vezes no posto mais alto do pódio.

Schumacher ainda acumula outros recordes, como o piloto que mais liderou voltas na categoria (4.568), o maior número de vitórias largando na pole position (36) e a conquista do maior número de pódios consecutivos (19).

Porém, ele ainda precisa de mais três pole positions para ultrapassar a marca de Ayrton Senna, que largou por 65 vezes na primeira colocação.

Confira como terminou o GP da Bélgica:

1. Kimi Raikkonen (FIN/McLaren)
2. Michael Schumacher (ALE/Ferrari)
3. Rubens Barrichello (BRA/Ferrari)
4. Felipe Massa (BRA/Sauber)
5. Giancarlo Fisichella (ITA/Sauber)
6. Christian Klien (AUT/Jaguar)
7. David Coulthard (ESC/McLaren)
8. Olivier Panis (FRA/Toyota)
9. Jarno Trulli (ITA/Renault)

Abandonaram

Ricardo Zonta (BRA/Toyota)
Nick Heidfeld (ALE/Jordan)
Juan Pablo Montoya (COL/Williams)
Antonio Pizzonia (BRA/Williams)
Jenson Button (ING/BAR)
Zsolt Baumgartner (HUN/Minardi)
Fernando Alonso (ESP/Renault)
Mark Webber (AUS/Jaguar)
Takuma Sato (JAP/BAR)
Gianmaria Bruni (ITA/Minardi)
Giorgio Pantano (ITA/Jordan)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;