Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

CPP confirma investimento de US$ 180 mi em Paulínia


Do Diário do Grande ABC

01/04/1999 | 11:10


A Companhia Petroquímica Paulista (CPP), formada pelo Grupo Odebrecht e a Petrobrás, confirmou nesta quinta-feira, na divulgaçao de seu balanço de 98, que mantém o investimento de US$ 180 milhoes na unidade industrial que instalará em Paulínia. A unidade ficará ao lado da Refinaria do Planalto, e terá a produçao de 250 mil toneladas de polipropileno anualmente.

O conjunto industrial deverá entrar em operaçao no ano de 2.002 e será construído em uma área de 500 mil metros quadrados ao lado da Replan. O balanço da CPP destaca que osinvestimentos totais necessários à implantaçao do empreendimento estao estimados em US$ 180 milhoes e deverao ser supridos com recursos próprios (30%) e recursos de terceiros (70%).

Os ativos imobilizados da CPP, por enquanto, sao o Sitio Planalto Paulista e o Sítio Paulínia, que foram objetos de integralizaçao ao capital social da companhia em 20 de março de 98, nos valores de R$ 4,395 milhoes e R$ 243 mil, respectivamente.

A Companhia Petroquímica Paulista foi criada no dia 12 de setembro de 97 e causou uma grande polêmica no setor químico por causa da sua associaçao com a Petrobrás, que acabou sendo aprovada pelo Conselho de Defesa da Economia (Cade). Ali será instalado um pólo petroquímico, onde se espera investimentos de até US$ 1 bilhao.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;