Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia de SP investiga esquema milionário de sonegação fiscal


Do Diário OnLine

26/09/2003 | 21:56


A Polícia Civil de São Paulo está investigando um esquema milionário de sonegação de impostos que envolve dois ex-prefeitos, um ex-ministro, um jogador de futebol de renome, deputados, vereadores e empresários dos setores imobiliário e de construção. Pelo menos 28 supostos envolvidos, que ainda estão com os nomes mantidos em sigilo, devem ser indiciados pelos crimes de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro na próxima semana.

O caso foi revelado nesta sexta-feira pelo delegado Aldo Galeano, da 5ª Delegacia Seccional Leste. As irregularidades se referem à construção de cinco mil apartamentos de alto padrão no bairro Jardim Anália Franco (zona Leste da capital), numa área tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat).

Segundo o delegado, as maiores irregularidades estão no registro dos apartamentos. Imóveis de altíssimo padrão constam nas escrituras com valores bem abaixo da realidade de mercado. Galeano contou que há uma cobertura de US$ 2 milhões registrada pelo proprietário como se tivesse custado R$ 60 mil. Tudo feito com a anuência dos governos estadual e municipal, segundo o delegado.

Galeano informou que as investigações já ocorrem há um mês. O delegado contou que os policiais já coletaram documentos em escritórios de 14 construtoras e imobiliárias da região de Anália Franco.

Para Galeano, o caso pode se configurar no "novo escândalo dos fiscais" da capital paulista. Ele disse que funcionários da Prefeitura cobravam R$ 30 mil para fornecer o habite-se aos imóveis irregulares. Ainda segundo o delegado, há casos de fiscais que estão morando em flats de empresários beneficiados com o esquema.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;