Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Motocicletas entram na mira da polícia


Kléber Werneck
Do Diário do Grande ABC

20/01/2001 | 00:07


Cerca de 60 motociclistas foram alvo de vistorias durante operação realizada nesta sexta pela Polícia Civil na região central de São Bernardo. O trabalho nas ruas começou por volta das 9h e só terminou às 18h. Mas a verificação de documentos continuou após esse horário e até as 20h pelo menos 24 motocicletas haviam sido apreendidas, por falta de documentação ou habilitação do piloto.

Segundo o delegado assistente do 1º DP de São Bernardo, Oswaldo de Souza, que determinou a realização da blitz, o principal objetivo era capturar criminosos que utilizam motocicletas em suas ações. “Por meio dos boletins de ocorrência, percebemos que o número de casos em que o assaltante utiliza motocicleta para roubar é cada vez mais alto. Por isso, decidimos nos concentrar apenas nas motocicletas hoje”, afirmou o delegado.

Os policiais se concentraram no bairro Nova Petrópolis e nas principais ruas e avenidas do Centro. Das cerca de 60 motocicletas vistoriadas, aproximadamente 40 foram conduzidas até o 1º DP para averiguação. Grande parte pertencia a motoboys que estavam em serviço; 14 deles não tinham carteira de habilitação.

Tiroteio – Na noite anterior, uma viatura do 1º DP se envolveu em um tiroteio com um motociclista. Por volta das 23h, os investigadores suspeitaram de um rapaz que seguia pela avenida Jurubatuba, no Centro, e ordenaram que ele parasse, mas o suspeito acelerou a motocicleta para fugir.

A viatura passou a persegui-lo e, alguns metros depois, o motociclista sacou uma arma e atirou contra os policiais. Os investigadores revidaram, mas o criminoso conseguiu fugir.

O chefe dos investigadores do 1º DP, Roberto Olanda, destacou a função prática das motocicletas para a realização de crimes. Ele afirmou que o veículo dificulta o trabalho dos policiais, principalmente nas perseguições. “A motocicleta ajuda muito os assaltantes nas abordagens em semáforos. Além disso, é propícia para fugas, pois pode subir pelas calçadas e andar na contramão”, disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;