Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Museu Mazzaropi resgata obra do popular sertanejo


Eliane Silva
Do Diário OnLine

20/02/2002 | 11:13


O Museu Mazaroppi, localizado em Taubaté, no interior de São Paulo, disponibilizou na Internet a história e as obras de Amácio Mazzaropi, ou, simplesmente, Mazzaropi, o ator que melhor representou o sertanejo brasileiro.

Mazzaropi era artista de circo quando chegou ao rádio. Passou pela televisão e seguiu para o cinema. Ele se tornou em pouco tempo produtor, roteirista e diretor de seus próprios filmes, que atraíam muitas pessoas às salas de cinema.

Os filmes, entre eles 'Sai da Frente' (1952), 'Jeca Tatu' (1959), 'O Jeca e a Freira' (1967), 'Caipira em Bariloche' (1973) e 'Jeca contra o Capeta' (1980), retratavam em linguagem simples o divórcio, a política, o racismo e a religião. Mazzaropi conseguiu pouco ou quase nenhum reconhecimento dos críticos de sua época.

Perguntado uma vez sobre a razão da popularidade de seus filmes com o público simples, ele disse: "O segredo do meu sucesso é falar a língua do povo". O Museu Mazzaroppi, ajudado pelo Instituto Mazzaropi, está resgatando, por meio do site, as músicas que compunham as trilhas dos filmes, postais e empreendimentos relacionados ao ator.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;