Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Celso Roth admite que jejum atrapalha o Inter: 'Tivemos momentos de afobação'



16/08/2016 | 07:00


O técnico Celso Roth estreou nesta segunda-feira à frente do Internacional com uma derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a 12.ª partida consecutiva sem vitória do time colorado.

Após a partida, o treinador reconheceu que a pressão para acabar com o jejum tem atrapalhado os jogadores. "Tivemos momentos de afobação e ansiedade. Precisamos evoluir na transição, a bola tem escapado do nosso controle. A gente tinha de sair daqui com um ponto, mas vamos seguir trabalhando", comentou.

Em sua primeira partida, Celso Roth optou por uma formação com três atacantes, mas deixou Nico López no banco de reservas. O atacante uruguaio nem chegou a entrar no decorrer da partida. "Ele está passando por um momento de transição. Estava com dores no tornozelo. Mas ele é um jogador muito técnico, vai nos ajudar, talvez já no próximo jogo. Mas aqui era jogo de muita competição. Para a próxima semana ele se encaminha com o restante do grupo", informou.

A derrota deixou o Internacional na 15.ª colocação com 22 pontos, a apenas um de distância da zona de rebaixamento. Por isso, vencer o São Paulo no próximo domingo, às 16 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, é fundamental para não entrar para o grupo dos piores da competição.

"Vamos jogar um clássico em casa agora. Não existe ânimo maior do que esse. Será um jogo mais jogado do que foi contra a Chapecoense. A qualidade técnica aparecerá mais. Temos de nos readaptar a esta situação no Beira-Rio", finalizou o treinador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Celso Roth admite que jejum atrapalha o Inter: 'Tivemos momentos de afobação'


16/08/2016 | 07:00


O técnico Celso Roth estreou nesta segunda-feira à frente do Internacional com uma derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a 12.ª partida consecutiva sem vitória do time colorado.

Após a partida, o treinador reconheceu que a pressão para acabar com o jejum tem atrapalhado os jogadores. "Tivemos momentos de afobação e ansiedade. Precisamos evoluir na transição, a bola tem escapado do nosso controle. A gente tinha de sair daqui com um ponto, mas vamos seguir trabalhando", comentou.

Em sua primeira partida, Celso Roth optou por uma formação com três atacantes, mas deixou Nico López no banco de reservas. O atacante uruguaio nem chegou a entrar no decorrer da partida. "Ele está passando por um momento de transição. Estava com dores no tornozelo. Mas ele é um jogador muito técnico, vai nos ajudar, talvez já no próximo jogo. Mas aqui era jogo de muita competição. Para a próxima semana ele se encaminha com o restante do grupo", informou.

A derrota deixou o Internacional na 15.ª colocação com 22 pontos, a apenas um de distância da zona de rebaixamento. Por isso, vencer o São Paulo no próximo domingo, às 16 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, é fundamental para não entrar para o grupo dos piores da competição.

"Vamos jogar um clássico em casa agora. Não existe ânimo maior do que esse. Será um jogo mais jogado do que foi contra a Chapecoense. A qualidade técnica aparecerá mais. Temos de nos readaptar a esta situação no Beira-Rio", finalizou o treinador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;