Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Poesia de José Paulo Paes em recorte para jovens


Melina Dias
Do Diário do Grande ABC

07/10/2007 | 07:03


Estimular os mais jovens à leitura também é missão do recém-lançado José Paulo Paes – em tempo escuro, a palavra (a)clara (Global Editora, R$ 21, 96 págs.).

Químico de formação, José Paulo Paes (1926-1998), era um apaixonado por livros que se transformou em um dos mais importantes tradutores do País. Escreveu poesia para adultos e crianças e colaborou com importantes veículos de comunicação.

Nesta caprichada edição, organizada por Cecilia Reggiani Lopes, com reproduções de obras de Geraldo de Barros, o leitor encontra uma convidativa porta de entrada para a obra do poeta.

Provocativo, irônico, fácil e extremamente lúcido, José Paulo Paes usa com singularidade as palavras para comentar um país que respirava o ar denso da repressão militar. Poesia que hoje ainda se mantém pertinente.

trechos

19 de abril

DIA DO ÍNDIO

o dia dos que têm

os seus dias contados

1º de maio

ETIMOLOGIA

no suor do rosto

o gosto

do nosso pão diário

sal: salário

12 de junho, dia dos namorados

A VERDADEIRA FESTA

mas pra que fogueira

rojão

quentão?

basta o fogo nas veias

e a escuridão

coração

À MODA DA CASA

feijoada

marmelada

goleada

quartelada

CARTILHA

a MATilha

contra a ilha

ilha recUSA

ilha reclUSA

USA e abUSA

América LATina

AméRICA ladina

LATe a MATilha

Ilha trILHA

cartILHA

(Trechos extraídos das págs. 46, 51, 78, 79 e 81)


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Poesia de José Paulo Paes em recorte para jovens

Melina Dias
Do Diário do Grande ABC

07/10/2007 | 07:03


Estimular os mais jovens à leitura também é missão do recém-lançado José Paulo Paes – em tempo escuro, a palavra (a)clara (Global Editora, R$ 21, 96 págs.).

Químico de formação, José Paulo Paes (1926-1998), era um apaixonado por livros que se transformou em um dos mais importantes tradutores do País. Escreveu poesia para adultos e crianças e colaborou com importantes veículos de comunicação.

Nesta caprichada edição, organizada por Cecilia Reggiani Lopes, com reproduções de obras de Geraldo de Barros, o leitor encontra uma convidativa porta de entrada para a obra do poeta.

Provocativo, irônico, fácil e extremamente lúcido, José Paulo Paes usa com singularidade as palavras para comentar um país que respirava o ar denso da repressão militar. Poesia que hoje ainda se mantém pertinente.

trechos

19 de abril

DIA DO ÍNDIO

o dia dos que têm

os seus dias contados

1º de maio

ETIMOLOGIA

no suor do rosto

o gosto

do nosso pão diário

sal: salário

12 de junho, dia dos namorados

A VERDADEIRA FESTA

mas pra que fogueira

rojão

quentão?

basta o fogo nas veias

e a escuridão

coração

À MODA DA CASA

feijoada

marmelada

goleada

quartelada

CARTILHA

a MATilha

contra a ilha

ilha recUSA

ilha reclUSA

USA e abUSA

América LATina

AméRICA ladina

LATe a MATilha

Ilha trILHA

cartILHA

(Trechos extraídos das págs. 46, 51, 78, 79 e 81)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;