Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fabricantes de materiais projetam expansão de 18%


Verônica Lima
Do Diário do Grande ABC

22/07/2008 | 07:06


A Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) revisou de 12% para 18% sua previsão de crescimento do faturamento do setor no mercado interno.

Segundo o presidente da entidade, Melvyn Fox, a decisão de elevar as projeções foi tomada a partir dos resultados registrados em junho, que mostram a alta de 34,22% nas vendas em relação ao mesmo período de 2007. E na comparação com o mês anterior, o desempenho de junho registrou o aumento de 7,14%.

"Impulsionado pelos prazos de financiamento e pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), o desempenho do mês anterior foi o maior resultado de 2008 (fevereiro teve alta de 35,3%). Além disso, a atuação do setor em junho é o segundo maior dos últimos 25 meses", aponta Fox.

Se a previsão de crescimento para o ano se confirmar, as indústrias associadas à Abramat, que representam cerca de 60% no setor, vão faturar 92,4 bilhões neste ano.

1º SEMESTRE
No acumulado dos primeiros seis meses do ano, as vendas internas aumentaram 28,21% em relação ao igual período do ano passado.

A comercialização de materiais básicos no primeiro semestre deste ano superou o volume negociado de materiais de acabamento, tanto no mercado interno e quanto no externo.

Os dados da Abramat apontam que, enquanto os produtos básicos registraram alta de 30,74% no período, as mercadorias de acabamento apresentaram aumento de 17,36%.

EXTERNO
As exportações dos materiais de construção em junho também apresentaram crescimento, de 53,52% em relação a igual mês do ano passado. Em comparação com maio houve a expansão de 91,24%. Porém, nos seis primeiros meses do ano o desempenho foi mais tímido. Em razão da desvalorização do dólar frente ao real, o embarque de produtos nacional para o mercado internacional caiu 9,40%.

FUNCIONÁRIOS
As indústrias de materiais de construção empregaram 10,10% a mais em junho do que em relação a junho de 2007. Na comparação com maio deste ano houve o crescimento de 1,04%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;