Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alckmin fixa salário para o Executivo estadual


Do Diário OnLine
Com Agências

06/01/2004 | 18:54


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fixou nesta terça-feira seu salário para que ele sirva como base para o subteto do funcionalismo público no Estado. Já a partir de janeiro, nenhum servidor do Executivo estadual poderá receber mais do que R$ 12.720.

A medida visa acabar com os salários astronômicos que, segundo o próprio governador, chegavam a R$ 40 mil mensais. Alckmin afirmou que cerca de 6,5 mil funcionários possuíam um salário superior ao fixado. O Estado espera economizar algo em torno de R$ 52 milhões apenas em 2004.

"Isso é uma medida de justiça fiscal e respeito ao contribuinte, que paga impostos com sacrifício. E respeito aos funcionários públicos, porque a maioria não tem esse salário, tem salário até pequeno", declarou Alckmin.

Choradeira - Geraldo Alckmin acredita que a fixação do seu salário provocará uma corrida à Justiça. Porém, a decisão do governador se baseia na já aprovada, e promulgada, reforma da Previdência.

O tucano acredita que a Proposta de Emenda Constitucional (PRC) paralela referente à reforma da Previdência, que ainda tramita na Câmara dos Deputados e depois voltará para o Senado, não proporcionará qualquer tipo de alteração na questão do subteto do funcionalismo.

Com informações da TV Globonews



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;