Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bovespa abre a semana em alta


Das Agências

30/04/2001 | 11:07


A Bolsa de Valores de São Paulo iniciou esta segunda-feira suas operações em alta de 0,11% e com seu principal índice, o Bovespa, situado em 14.944 pontos.

Na sexta-feira passada, o mesmo índice fechou em alta de 1,15%.

A bolsa paulista, a maior da América Latina, encerra abril em um ambiente menos tenso do que o vivido nos primeiros dias do mês, dvido à melhora da situação econômica argentina.

Apesar das recentes turbulências e a consistente valorização do dólar em relação ao real nas últimas semanas, a bolsa de São Paulo conseguiu acumular uma alta de 3,3% este mês (sem contar os negócios esta segunda-feira).

A expectativa dos operadores é que o mercado se mantenha em alta durante o dia: as boas notícias procedentes da Argentina, que receberá 3,9 bilhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), conseguirão indiretamente que os títulos da dívida externa brasileiras se apreciem, o que influenciará positivamente o mercado cambiário e as taxas de juros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bovespa abre a semana em alta

Das Agências

30/04/2001 | 11:07


A Bolsa de Valores de São Paulo iniciou esta segunda-feira suas operações em alta de 0,11% e com seu principal índice, o Bovespa, situado em 14.944 pontos.

Na sexta-feira passada, o mesmo índice fechou em alta de 1,15%.

A bolsa paulista, a maior da América Latina, encerra abril em um ambiente menos tenso do que o vivido nos primeiros dias do mês, dvido à melhora da situação econômica argentina.

Apesar das recentes turbulências e a consistente valorização do dólar em relação ao real nas últimas semanas, a bolsa de São Paulo conseguiu acumular uma alta de 3,3% este mês (sem contar os negócios esta segunda-feira).

A expectativa dos operadores é que o mercado se mantenha em alta durante o dia: as boas notícias procedentes da Argentina, que receberá 3,9 bilhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), conseguirão indiretamente que os títulos da dívida externa brasileiras se apreciem, o que influenciará positivamente o mercado cambiário e as taxas de juros.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;