Política Titulo
Gabinetes da Câmara de Diadema têm decoração pessoal
Por Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC
04/12/2005 | 08:02
Compartilhar notícia


Diadema tem sido ao longo dos anos uma cidade diferenciada das demais do Grande ABC. Seja pela conscientização política da população  ou pelo pioneirismo e êxito da Lei Seca. Guardadas as devidas proporções, a Câmara Municipal também é diferente. Todos os vereadores fizeram questão de dar um toque pessoal na decoração dos 16 gabinetes.

Um dos gabinetes que mais chamativo é o do líder de governo, vereador Pastor Jair (PT). Quem não está acostumado pode levar um susto com as fortes cores nas paredes: vermelho e rosa. “Na hora da reforma, no início do ano, resolvi colocar um vermelho bem forte. Aí pensamos em colocar uma tonalidade diferente na outra parede, talvez para não agredir muito. Daí veio a opção pelo rosa”, explicou.

Para o vereador, o visual diferenciado é positivo e deixa o ambiente mais agradável. “Se estiver aconchegante e, ao mesmo tempo atender bem o munícipe, isso é muito positivo.” Além do vermelho e rosa na sala onde ficam assessores e funcionários, Jair adotou verde musgo e verde claro na sala restrita.

A vereadora Marion Alves de Oliveira (PSDC) também caprichou na decoração. E com a chegada do Natal, a parlamentar deu um toque a mais. Não faltam nem mesmo as ‘botinhas‘ do Papai Noel em forma de guirlanda na porta de entrada. A beleza de seu gabinete não se limita aos bibelôs natalinos. A parlamentar fez ‘reforma’ completa, modernizando o espaço, inclusive com a troca do piso e dos móveis. A vereadora Irene dos Santos (PT) foi mais radical e mandou pintar a parede de roxo. Já o vereador Laércio Soares (PC do B) demonstra não se preocupar com detalhes decorativos, mesmo assim tem um quadro do líder palestino Yasser Arafat.

O verde é a cor predominante no gabinete da vereadora Regina Gonçalves (PV). “Quando recebi o espaço, ele era muito escuro. Se você não tentar fazer um ambiente mais ‘clean’, isso acaba influindo no bom humor e na produção”, explica ela. “Na cromoterapia, o verde é considerado relaxante e estimula o pensamento. Acaba ajudando para pensar bons projetos”, teoriza.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;