Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Maria Silvia diz que não dá para ter meta de venda para ativos da BNDESPar



13/07/2016 | 15:37


A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, afirmou nesta quarta-feira, 13, que não conversou com o Ministério da Fazenda sobre venda de ativos do BNDESPar, empresa de participações da instituição de fomento.

Em entrevista publicada no jornal "O Estado de S.Paulo" no domingo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles citou a venda de participações do BNDES como uma possível fonte de receita extra para cumprir a meta fiscal de 2017, um déficit primário de R$ 139 bilhões.

"Estamos estudando a carteira", afirmou Maria Silvia, após participar de mesa-redonda na FGV, no Rio. A executiva está há menos de dois meses no cargo. "Se em algum momento entendermos que aquele investimento está na hora de ser desmobilizado, vamos fazer. Até porque o objetivo da carteira é sempre investir em novos projetos. Agora, a gente não pode ter uma meta", disse Maria Silvia.

A presidente do BNDES disse acreditar que Meirelles falou de forma genérica. "É verdade: a carteira do BNDES sempre foi uma fonte de financiamento importante para o banco, mas ela depende de uma série de variáveis."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maria Silvia diz que não dá para ter meta de venda para ativos da BNDESPar


13/07/2016 | 15:37


A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, afirmou nesta quarta-feira, 13, que não conversou com o Ministério da Fazenda sobre venda de ativos do BNDESPar, empresa de participações da instituição de fomento.

Em entrevista publicada no jornal "O Estado de S.Paulo" no domingo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles citou a venda de participações do BNDES como uma possível fonte de receita extra para cumprir a meta fiscal de 2017, um déficit primário de R$ 139 bilhões.

"Estamos estudando a carteira", afirmou Maria Silvia, após participar de mesa-redonda na FGV, no Rio. A executiva está há menos de dois meses no cargo. "Se em algum momento entendermos que aquele investimento está na hora de ser desmobilizado, vamos fazer. Até porque o objetivo da carteira é sempre investir em novos projetos. Agora, a gente não pode ter uma meta", disse Maria Silvia.

A presidente do BNDES disse acreditar que Meirelles falou de forma genérica. "É verdade: a carteira do BNDES sempre foi uma fonte de financiamento importante para o banco, mas ela depende de uma série de variáveis."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;