Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tendência nacional da eleição do PT se confirma na região


Teresa Pimenta
Do Diário do Grande ABC

20/09/2005 | 08:08


O Campo Majoritário, tendência do PT à qual pertencem os principais nomes envolvidos no escândalo do mensalão, ficou com a presidência de praticamente todos os diretórios municipais do Grande ABC (veja quadro). Santo André é a única cidade onde haverá disputa em segundo turno com uma ala de esquerda, a Compromisso e Democracia, do ex-metalúrgico Ivo Martin, que concorrerá em 9 de outubro com o vereador Cláudio Malatesta.

Diadema e Ribeirão Pires também terão segundo turno, mas todos os concorrentes são do Campo Majoritário. Em São Bernardo, mesmo sem o voto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, José Albino reelegeu-se com mais de 68% dos votos válidos. São Caetano, Mauá e Rio Grande da Serra tiveram as eleições definidas em um só turno. Márcio Chaves foi candidato único em Mauá, Anita Ramos obteve 53% em Rio Grande e Ricardo Rios 58,35% em São Caetano.

Outro destaque foi o alto índice de comparecimento às urnas. "Ao contrário do que muitos imaginavam, a presença de filiados foi muito acima da média", comemorou o coordenador da macrorregião que engloba o Grande ABC, Hamiltom Lacerda. Segundo ele, a média em eleições e convenções do partido fica em torno de 25% e, no pleito de domingo, o índice subiu para 40%. "A vitória do Campo Majoritário na região mostra que a militância teve maturidade e continua confiando nas propostas da tendência que governa do país", afirmou. Para Lacerda, apesar do resultado positivo, os filiados deixaram claro que querem apuração e punição dos culpados.

Animado com a disputa, Ivo Martin já começou a procurar os candidatos de esquerda para unir forças e derrotar o Campo Majoritário em Santo André. "As esquerdas unidas tiveram 58% dos votos. Tenho confiança de que podemos vencer", diz. Em Ribeirão Pires, Mário Nunes tenta a reeleição contra a ex-prefeita Maria Inês Soares. Ambos são do Campo Majoritário, mas Nunes também tem apoio da Articulação de Esquerda.

Em Diadema, a disputa ficou entre dois integrantes da administração do prefeito José de Filippi Júnior: Josemundo Queiroz, o Josa, secretário de Habitação, e Antonio Fidelis, assessor da Secretaria de Meio Ambiente.

Resultado das eleições do PT na região

Definidas no 1º turno (% de votos válidos)

  

São Bernardo
José Albino (Campo Majoritário) - 68,06%

Wagner Lino - 14,11%

Edwards Neves Neto - 11,68%
Aldo dos Santos - 6,15%

  

São Caetano
Ricardo Rios (Campo Majoritário) - 58,35%

Vera Severiano - 34,44%

Fernando Turco - 7,21%

  

Mauá
Márcio Chaves (Campo Majoritário) - 100%

  

Rio Grande da Serra
Anita Ramos (Campo Majoritário) - 53%

José Almeida Freire - 26,8%

José Silvino de Jesus - 20,2%

Terão 2º turno

Diadema
Antonio Fidelis (Campo Majoritário) - 49,12%

Josemundo Queiroz (Josa) (Campo Majoritário) - 28,58%

Licio Gonzaga Lobo Jr. - 21,25%

José Reinaldo Lima - 1,05%

  

Santo André
Claudio Malatesta (Campo Majoritário) - 41,1%

Ivo Martin (Compromisso e Democracia) - 23,2%

Tiago Nogueira - 13,2%

Orlando Soares Oliveira - 9,8%

Ricardo Alvarez - 7,9%

Fernandes de Luna - 4,1%

Eden Teixeira Paulo - 0,7%

  

Ribeirão Pires
Mário Nunes (Campo Majoritário + Articulação) - 40,9%

Maria Inês Soares (Campo Majoritário) - 39,9%

Dorvair Santana - 19,2%



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;