Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fiéis agradecem Sto.Antônio por bênçãos

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

No dia dedicado ao santo casamenteiro, paróquia em São Caetano recebeu 1.000 cristãos


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/06/2016 | 07:00


Mais conhecido pela fama de casamenteiro, Santo Antônio foi responsável por lotar a paróquia que leva seu nome, localizada no Jardim São Caetano, na noite de ontem. Ao longo do dia, quatro missas foram celebradas, totalizando a passagem de mais de 1.000 pessoas pelo local.

O bancário Ariel Mariano de Oliveira Souza, 37 anos, teve graça alcançada justamente ontem. “Tive de passar por cirurgia muito delicada na cabeça com risco de sequela motora grande. Pedi proteção a Santo Antônio, assim como toda a comunidade pediu por mim, e hoje (ontem) o médico disse que estou curado. Posso seguir minha vida”, revelou emocionado.

A aposentada Ivone Tereza Marcatto, 68, também intercedeu ao santo por sua saúde e foi atendida. “Fiz cirurgia de catarata, mas o médico cortou minha retina. Pedi a Santo Antônio que me fizesse voltar a enxergar e, no momento em que eu faria outra operação, a equipe médica constatou que a retina voltou ao normal sem que nada tivesse sido feito e que a ciência não tinha explicação para isso”, relatou.

O bispo da Diocese de Santo André, dom Pedro Carlos Cipollini, presidiu a última missa do dia, às 19h30. Ele lembrou que Santo Antônio lutou em defesa das pessoas. “Ele foi defensor dos direitos humanos, advogado do povo”, definiu.

“Santo Antônio não só pregava a palavra de Deus, mas, principalmente, a praticava”, destacou o padre Francinaldo Sousa.

Durante as celebrações, pães foram abençoados e distribuídos aos fiéis, em representação à fartura. Só no período da tarde, foram 2.000.

Na festa de Santo Antônio, também tem bolo, vendido em pedaços. Segundo a tradição, quem o comer encontrará sua cara-metade. A enfermeira Adriana Balero, 46, foi a responsável pela produção, que envolveu outras 20 pessoas e resultou em 1.300 fatias, todas recheadas com brigadeiro. Adriana, inclusive, reservou um pedaço. “Também quero namorado”, confidenciou aos risos.

Até o dia 10 de julho, aos sábados e domingos, a partir das 18h, a Paróquia Santo Antônio realiza quermesse com variedade de doces e salgados. A renda é revertida para obras da igreja. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;