Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Preso o homem que mostrava menina sendo estuprada em vídeo


Das Agências

01/10/2007 | 07:00


Policiais de Nevada, nos Estados Unidos, prenderam Darren Tuck, acusado de mostrar a terceiros um vídeo pornográfico no qual aparece uma menina de 3 anos junto a um homem seminu. Tuck, 26 anos, se entregou neste domingo depois que conseguiu escapar do cerco policial desde sexta-feira.

Ele será indiciado por posse e possível distribuição de pornografia infantil. Seu advogado disse que não sabia que seu cliente tinha se entregado, mas comentou que isto era uma “coisa boa”. No entanto, negou que ele tenha mostrado a terceiros o vídeo no qual a menina de três anos seria estuprada.

Tuck disse à polícia que tinha encontrado a fita no deserto, mas as autoridades afirmaram que ele tinha o vídeo desde pelo menos cinco meses antes de ser encontrado.

As autoridades conseguiram o vídeo ao prender Tuck pela primeira vez no último dia 8. Após visualizar o conteúdo da fita, a polícia mobilizou-se para encontrar a menina que aparece nas imagens. Ela foi identificada e está com a família.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Preso o homem que mostrava menina sendo estuprada em vídeo

Das Agências

01/10/2007 | 07:00


Policiais de Nevada, nos Estados Unidos, prenderam Darren Tuck, acusado de mostrar a terceiros um vídeo pornográfico no qual aparece uma menina de 3 anos junto a um homem seminu. Tuck, 26 anos, se entregou neste domingo depois que conseguiu escapar do cerco policial desde sexta-feira.

Ele será indiciado por posse e possível distribuição de pornografia infantil. Seu advogado disse que não sabia que seu cliente tinha se entregado, mas comentou que isto era uma “coisa boa”. No entanto, negou que ele tenha mostrado a terceiros o vídeo no qual a menina de três anos seria estuprada.

Tuck disse à polícia que tinha encontrado a fita no deserto, mas as autoridades afirmaram que ele tinha o vídeo desde pelo menos cinco meses antes de ser encontrado.

As autoridades conseguiram o vídeo ao prender Tuck pela primeira vez no último dia 8. Após visualizar o conteúdo da fita, a polícia mobilizou-se para encontrar a menina que aparece nas imagens. Ela foi identificada e está com a família.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;