Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Nilmar quer definição do Corinthians



29/03/2006 | 09:09


O atacante Nilmar quer uma definição o mais rápido possível sobre sua permanência ou não no Corinthians. Seu procurador, Marcelo Djian, está conversando com a diretoria do Lyon para tentar baixar o preço pedido: 10 milhões de euros (R$ 26,1 milhões), além do 1,5 milhão de euros (R$ 3,9 milhões) que já foram pagos pela MSI por seu empréstimo.

"Sei que a MSI tem dois meses para confirmar a minha compra, mas quanto mais rápido essa questão for decidida, melhor para mim. Gostaria muito de ficar no Corinthians, mas se não houver acerto tenho de seguir a minha vida", afirmou Nilmar.

O jogador sabe que seu rendimento triplicou no Corinthians. Em 2005, ele marcou seis gols no Brasileiro. Em 2006, já foram 18 só Paulista, além de um na Libertadores. Ele quer a sua valorização, até porque tem consciência de que clubes como Santos e Cruzeiro mostram interesse na sua contratação. "Sei dos boatos, mas não falei por telefone com o Luxemburgo. Repito: quero ficar no Corinthians. Eles sabem o preço do meu passe. Basta pagar".

Nilmar, inclusive, quer ser poupado nos últimos jogos do Paulistão, apesar de ser o artilheiro da competição e poder aumentar a vantagem para o segundo colocado. "Só gostaria de jogar se fosse para não perder ritmo", disse o atacante. Ele só pensa na Libertadores. "Deus me livre ficar fora do jogo mais importante do ano. Não quero facilitar para uma contusão", justificou.

Ademar – Na semana passada, ele não se sentia à vontade para dar entrevistas como técnico. No domingo, dizia que a MSI deveria contratar um treinador experiente em Libertadores. Já terça-feira, Ademar Braga falava como técnico. Ele sabe que, até por falta de opções, Kia Joorabchian resolveu deixá-lo no cargo.

"Quem não quer treinar o Corinthians? Eu quero. A imprensa está falando que estou mais encorpado como treinador. Tenho conversado com a minha diretoria e sinto ter toda a confiança dos dirigentes. Estou para servir o Corinthians. Se quiserem que eu fico, não vou dizer não", afirmou.

Ademar Braga está se transformando em um Márcio Bittencourt 25 anos mais velho. Os jogadores adoram quando um auxiliar tem a oportunidade de se transformar em treinador. "Se tiver a chance de conversar sobre esse assunto com os dirigentes, vou tentar convencê-los a apostar no Ademar. Ele tem um relacionamento excelente com todos nós jogadores e entende muito de futebol", elogia Roger.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;