Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Astro do basquete, Scola será o porta-bandeira da Argentina no Rio-2016



28/04/2016 | 17:09


Um dos grandes nomes do basquete argentino em todos os tempos, Luis Scola foi o escolhido para carregar a bandeira do país na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio. O Comitê Olímpico Argentino confirmou o ala/pivô do Toronto Raptors após uma eleição do conselho executivo da entidade.

E o reconhecimento à história de Scola no esporte ficou evidente na votação, já que o jogador foi eleito de forma unânime pelos dirigentes. Ele chegou a ficar perto de levar a bandeira na Olimpíada de 2012, em Londres, quando ficou entre os quatro finalistas na votação, mas viu Luciana Aymar, do hóquei de grama, levar a melhor e ficar com a honraria.

A eleição de Scola também escancara o grande papel realizado pelo basquete argentino nos últimos anos, já que a modalidade gerou dois dos três porta-bandeiras mais recentes do país nas aberturas das Olimpíadas. Além do ala/pivô no Rio, Manu Ginóbili foi escolhido em Pequim, em 2008.

Scola era um dos favoritos para a eleição do comitê e inclusive já havia falado sobre a possibilidade de levar a bandeira argentina no Maracanã, dia 5 de agosto. "É um feito que representa muitíssimo, obviamente gostaria. É um feito gigante, um dos mais importantes da minha carreira pelo que representa além do esporte, a nível cultural, pelo tipo de evento que é uma Olimpíada", disse ainda no ano passado.

Scola fez parte da geração mais vencedora do basquete argentino em todos os tempos e participou da surpreendente conquista da medalha de ouro em Atenas, em 2004, ao lado de nomes como o do próprio Ginóbili, de Pablo Prigioni, Andrés Nocioni, entre outros. Ele também foi bronze em Pequim e quarto colocado em Londres. E seus companheiros e ex-colegas de seleção celebraram a escolha do Comitê Olímpico Argentino nas redes sociais.

"Também me sinto 'abandeirado' um pouco", comentou Nocioni. "Tremendo Capitão! Scola abandeirado!", celebrou Facundo Campazzo. "Que alegria, vai ser muito emocionante te ver levar a bandeira da Argentina no Rio. Muito merecido! Felicidades", escreveu Prigioni. "Não poderia ser outro que não o grande capitão. Muito merecido! Scola, a cada dia te admiro um pouco mais", exaltou o ex-jogador do Flamengo Nicolás Laprovittola.

Grande astro da seleção argentina na atualidade, Scola vai para sua quarta Olimpíada e é o jogador com maior número de partidas vestindo as cores do país, com 141, nas quais marcou 2.342 pontos. É considerado um dos grandes jogadores da história dos torneios internacionais de seleções, por mais que não tenha obtido o mesmo sucesso na NBA, em suas passagens por Houston Rockets, Phoenix Suns, Indiana Pacers e, agora, Toronto Raptors.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Astro do basquete, Scola será o porta-bandeira da Argentina no Rio-2016


28/04/2016 | 17:09


Um dos grandes nomes do basquete argentino em todos os tempos, Luis Scola foi o escolhido para carregar a bandeira do país na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio. O Comitê Olímpico Argentino confirmou o ala/pivô do Toronto Raptors após uma eleição do conselho executivo da entidade.

E o reconhecimento à história de Scola no esporte ficou evidente na votação, já que o jogador foi eleito de forma unânime pelos dirigentes. Ele chegou a ficar perto de levar a bandeira na Olimpíada de 2012, em Londres, quando ficou entre os quatro finalistas na votação, mas viu Luciana Aymar, do hóquei de grama, levar a melhor e ficar com a honraria.

A eleição de Scola também escancara o grande papel realizado pelo basquete argentino nos últimos anos, já que a modalidade gerou dois dos três porta-bandeiras mais recentes do país nas aberturas das Olimpíadas. Além do ala/pivô no Rio, Manu Ginóbili foi escolhido em Pequim, em 2008.

Scola era um dos favoritos para a eleição do comitê e inclusive já havia falado sobre a possibilidade de levar a bandeira argentina no Maracanã, dia 5 de agosto. "É um feito que representa muitíssimo, obviamente gostaria. É um feito gigante, um dos mais importantes da minha carreira pelo que representa além do esporte, a nível cultural, pelo tipo de evento que é uma Olimpíada", disse ainda no ano passado.

Scola fez parte da geração mais vencedora do basquete argentino em todos os tempos e participou da surpreendente conquista da medalha de ouro em Atenas, em 2004, ao lado de nomes como o do próprio Ginóbili, de Pablo Prigioni, Andrés Nocioni, entre outros. Ele também foi bronze em Pequim e quarto colocado em Londres. E seus companheiros e ex-colegas de seleção celebraram a escolha do Comitê Olímpico Argentino nas redes sociais.

"Também me sinto 'abandeirado' um pouco", comentou Nocioni. "Tremendo Capitão! Scola abandeirado!", celebrou Facundo Campazzo. "Que alegria, vai ser muito emocionante te ver levar a bandeira da Argentina no Rio. Muito merecido! Felicidades", escreveu Prigioni. "Não poderia ser outro que não o grande capitão. Muito merecido! Scola, a cada dia te admiro um pouco mais", exaltou o ex-jogador do Flamengo Nicolás Laprovittola.

Grande astro da seleção argentina na atualidade, Scola vai para sua quarta Olimpíada e é o jogador com maior número de partidas vestindo as cores do país, com 141, nas quais marcou 2.342 pontos. É considerado um dos grandes jogadores da história dos torneios internacionais de seleções, por mais que não tenha obtido o mesmo sucesso na NBA, em suas passagens por Houston Rockets, Phoenix Suns, Indiana Pacers e, agora, Toronto Raptors.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;