Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Viaduto em São Bernardo vai homenagear Mamãe Clory

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Obra ligará os dois lados da Av. José Odorizzi e tem previsão de entrega até o fim do ano


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

27/03/2016 | 07:00


O viaduto projetado para transpor a Avenida Robert Kennedy, em São Bernardo, ganhará o nome de Mamãe Clory. Em evento beneficente realizado pela instituição que leva o nome de uma das figuras mais emblemáticas da assistência social da cidade, o prefeito Luiz Marinho (PT) anunciou que a proposta será encaminhada à Câmara dos Vereadores.

O elevado está em construção e vai ligar a Avenida José Odorizzi em seus dois lados. A previsão é que a obra seja entregue ainda neste ano. Junto com mais três viadutos – o Tereza Delta, o da Praça dos Bombeiros e o Castelo Branco e com a faixa exclusiva para ônibus –, a intervenção tem 13 quilômetros e integra o projeto do Corredor Leste-Oeste.

A homenageada Clory Fagundes Marques morreu em 2011, aos 94 anos, vítima de câncer no estômago. Ela fundou a Associação Cristã Verdade e Luz, no bairro Assunção, mais conhecida como Lar da Mamãe Clory, que atualmente funciona como berçário, creche e pré-escola para 75 crianças, além de casa para cinco idosos.

A vice-presidente da entidade e umas filhas de Mamãe Clory, Soely Marques Gozzi afirmou que a homenagem foi recebida com muito carinho. “Estamos felizes por ver o nome da Mamãe Clory perpetuado no viaduto. Todo mundo a conhece e muitos a amam. Ela é uma referência e exemplo de amor e caridade. A homenagem estimula nossas ações e o nosso caminhar”, afirmou.

A entidade sobrevive de doações e atividades, como bazar de roupas e eletrodomésticos usados, sebo, padaria e cooperativa de reciclagem. Não há convênio com o poder público ou empresa privada para o financiamento das atividades.

OBRAS

Após sofrer diversos atrasos no cronograma inicial das obras, a expectativa é que o Corredor Leste-Oeste esteja pronto em julho do ano que vem. Anteriormente, a previsão é de que o término acontecesse ainda em 2016.

Segundo Marinho, o atraso é justificado por conta da demora da liberação dos recursos da União. O investimento é de R$ 418 milhões, sendo R$ 247 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade e contrapartida do município de R$ 172 milhões.

 

Obra social já beneficiou 1.000 pessoas

Natural da cidade de Alegrete, no Rio Grande do Sul, Mamãe Clory começou a dedicar sua vida à caridade em 1948, quando um bebê foi abandonado na porta de sua casa. O gesto de acolher a criança e criar como se fosse filho foi repetido com mais de 1.000 pessoas ao longo de seus 94 anos de vida – ela teve apenas três filhos de sangue.

Na época em que ingressou na assistência social, Mamãe Clory era casada com funcionário público e morava em Pontaporã, no Mato Grosso do Sul. A família chegou a São Bernardo em novembro de 1969, com 87 filhos adotados.

Foi após a compra do terreno onde hoje funciona Associação Cristã Verdade e Luz que tudo começou no Grande ABC. Na época, o local funcionava como orfanato, que passou a ser abrigo para crianças e adolescentes entre 1990 e 2003. A partir de então, a instituição começou a oferecer serviços às crianças carentes no contraturno escolar.

A vice-presidente da instituição, Soely Marques Gozzi, conta que para a fundadora do Lar Mamãe Clory, todas as crianças atendidas eram consideradas filhos. “Ela dizia que todos eram filhos que Deus havia dado. Todos viveram as mesmas alegrias e tristezas”, lembra. Outro ensinamento que ainda está vivo na memória dos colaboradores da obra social é a batalha pela vida. “Ela dizia que viver é reagir, para que a gente não se acomodasse e para trabalhar e estudar. Dessa casa saíram médicos, enfermeiros, advogados. Ela nunca tirou o valor do estudo e do trabalho.”

Interessados em realizar doações à Associação Cristã Verdade e Luz devem entrar em contato pelo telefone 4109-2773. A casa fica na Rua Francisco Visentainer, 438. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;