Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Por inadimplência, Masp amanhece sem energia


Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

24/05/2006 | 07:53


O Masp (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand), a mais importante instituição de artes plásticas da América Latina, amanheceu terça-feira sem luz elétrica. A AES Eletropaulo cortou às 7h a energia fornecida ao museu por inadimplência de uma dívida acumulada em sete anos, que totaliza mais de R$ 3 milhões. O Masp ficou fechado ao público terça-feira, justamente no dia em que a entrada para a exposição Degas, o Universo de um Artista era gratuita.

Segundo a companhia de energia, o Masp descumpriu acordos propostos pela empresa em julho de 2000 e em fevereiro de 2004, para saldar os débitos anteriores. O primeiro aviso de que haveria corte no fornecimento foi dado em dezembro do ano passado; o último, na sexta-feira passada, dia 22. A energia para o Masp manter ligado durante as 24 horas do dia o ar-condicionado, necessário para preservar seu valioso acervo artístico, era fornecida terça-feira por geradores movidos a óleo diesel. Nesta quarta-feira, o museu abrirá ainda sob a energia desses geradores.

Arquiteto e diretor do museu desde 1994, Júlio Neves passou o dia de terça-feira em reunião com representantes da Eletropaulo e não falou com o Diário. Segundo a concessionária, o museu permanecerá sem energia até que seja feita uma proposta concreta de acordo. O Masp enviou terça-feira à imprensa um comunicado no qual afirma que a proposta do museu, de quitar débitos anteriores utilizando “créditos tributários de terceiros”, não foi aceita pela empresa.

Haveria ainda, segundo a Eletropaulo, um débito de R$ 400 mil referentes a ligações clandestinas. O Masp reconhece a existência de “consumo irregular de energia, decorrente de falha técnica no remanejamento do sistema”. No comunicado, o museu informa que as últimas 11 contas de luz “foram devidamente pagas e quitadas” e reitera que manterá negociação com a Eletropaulo para solucionar a pendência.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;