Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Dennis Ross reinicia missao de paz entre Israel e Palestina


Do Diário do Grande ABC

16/05/2000 | 09:52


O enviado norte-americano Dennis Ross e o presidente palestino Yasser Arafat iniciaram, nesta terça-feira, conversaçoes em uma nova tentativa para reativar o processo de paz depois dos choques de segunda-feira nos territórios palestinos.

Antes de seu encontro com Arafat, Ross recusou-se a falar com os jornalistas. O conselheiro de Arafat, Nabil Abu Rudeina, já havia afirmado que o objetivo do encontro é ``salvar o processo de paz''.

Essa reuniao é mais uma missao numa tentativa de dar novo impulso ao processo de paz entre Israel e a Autoridade Palestina, apesar da tensao que reina após os sangrentos confrontos de segunda-feira nos territórios palestinos.

Nesta terça-feira pela manha foram registradas manifestaçoes esporádicas e pedradas na Cisjordânia, pelo quinto dia consecutivo. Dois palestinos foram ligeiramente feridos por balas de borracha disparadas por soldados israelenses em Hebron, segundo fontes palestinas.

Segunda-feira pelo menos três palestinos morreram e centenas ficaram feridos pelos disparos dos soldados israelenses durante o dia da ``Naqba'' (a catástrofe, em árabe), que comemora a criaçao do Estado de Israel, em 1948.

O exército israelense colocou, nesta terça-feira, reforços ``nos cruzamentos das estradas, ao redor das colônias e dos acampamentos militares'' para impedir novos distúrbios, disse o general Moshe Ayalon, comandante da regiao centro, que inclui a Cisjordânia.

Ross, que chegou na noite de segunda-feira, se reunirá nesta terça-feira com o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, e com o premiê israelense, Ehud Barak.

O emissário americano dedicará seus esforços à conclusao de um acordo de paz final, previsto para setembro, segundo dirigentes americanos e palestinos. Ross permanecerá vários dias na regiao. Depois regressa aos Estados Unidos, onde informará sua administraçao ao presidente Bill Clinton e a secretária de Estado, Madeleine Albright. Barak chegará domingo a Washington, dando início a uma visita de vários dias.

O ministro israelense da segurança interna, Shlomo Ben Ami, confirmou nesta terça-feira que participou de negociaçoes secretas com dirigentes palestinos em Estocolmo. ``Levo adiante essas negociaçoes por ordem do premiê (Ehud Barak), mas nao posso dar nenhum detalhe sobre seu conteúdo'', disse Ben Ami à rádio militar.

Ben Ami frisou que, apesar das negociaçoes estarem bloqueadas há vários meses, ``nao se exclui a possibilidade de chegar a um acordo sobre quase todas as questoes''.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;