Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Católicos palestinos esperam obter apoio do Papa


Do Diário do Grande ABC

17/03/2000 | 12:05


Os católicos palestinos contam com a visita do Papa Joao Paulo II para consolidar sua comunidade, que fica cada vez menor por causa do êxodo dos fiéis.

``Somos cada vez menos, espero que a visita do Papa mude isso'', diz uma fiel de 29 anos durante uma missa na igreja de Natal, em Belém.

Há 50 anos os cristaos queriam morar perto da cidade natal de Cristo e eram a grande maioria da populaçao. Hoje sao minoritários na área. O ministro palestino do projeto de renovaçao ``Belém 2000'', Nabeel Kassis, diz que isso aconteceu por causa do deslocamento de milhoes de palestinos expulsos por Israel entre 1948 e 1967.

O patriarca latino Michel Sabbah, líder dos cristaos ortodoxos latinos da regiao, é o primeiro palestino na funçao e concorda com o ministro. Ele diz que as guerras árabe-israelenses, nos últimos 50 anos, provocaram a fuga dos cristaos. Sabbah ainda disse que ``para os cristaos, o importante desta visita é reforçar sua fé e dar a eles uma visao mais clara de sua vocaçao e seu papel na Terra Santa.''

Segundo os católicos palestinos, o alto índice de desemprego também estimula os cristaos, raramente em boas condiçoes econômicas, a emigrar. Os palestinos esperam que a visita do Papa, a primeira em 36 anos, ajude a mudar a situaçao. Menos de 3% dos habitantes da Palestina sao cristaos, e só a metade é católica ou dependente do Papa, enquanto a outra metade é ortodoxa.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;