Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fim da corrupção permitiria aumentar PIB, diz especialista


Da AFP

10/12/2003 | 08:42


O combate e eventual erradicação da corrupção "permitiria a qualquer país ampliar em 400% seu Produto Interno Bruto (PIB) a longo prazo e obter um progresso similar na luta contra a mortalidade infantil", afirmou nesta terça-feira o chileno Daniel Kauffman, alto funcionário do Banco Mundial.

"A corrupção causa pobreza, desigualdade e subdesenvolvimento. Esta situação, por si só, já justificaria a luta contra a corrupção", disse o funcionário durante a conferência para a assinatura da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção que se realiza em Mérida, no sudeste do México.

Kauffman lembrou que "a corrupção há sete ou oito anos era um tema proibido, mas agora se converteu em uma questão de interesse mundial por suas graves conseqüências sobre a vida das Nações".

O funcionário opinou que são necessárias reformas sistêmicas nas legislações para se combater a corrupção em meio à globalização, "que longe de prejudicar este combate, o favorece com a inclusão de elementos de interesse nacional na concorrência mundial", com a sociedade civil como a principal vigilante e inimiga deste flagelo.

"Neste longo processo, considero importante a participação da iniciativa privada, com especial responsabilidade das empresas e das elites nacionais, porque a má governabilidade em muitas ocasiões tem muito a ver com a relação estabelecida com o setor empresarial", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;