Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Japão pode tirar tropas do Iraque no primeiro semestre de 2006


Da AFP

07/11/2005 | 08:53


O Japão está planejando retirar suas tropas do Iraque, onde se encontram desde 2004, no primeiro semestre 2006. Em contrapartida, de acordo com o jornal Yomiuri Shimbun, os japoneses devem aumentar suas missões aéreas a partir do Kuwait.

Uma unidade de transporte da aviação japonesa, composta por 200 homens, realiza operações entre o Kuwait e o sul do Iraque, com aviões cargueiros C-130, para reabastecer as tropas americanas. Segundo o diário, que cita fontes do governo, Tóquio estaria disposto a estender essas missões até o Catar, onde se encontra o comando central americano.

O governo dos Estados Unidos pediu há pouco tempo ao Japão que prossiga com o transporte aéreo de material entre o Kuwait e vários destinos no Iraque. Cerca de 600 soldados japoneses levaram quase um ano participando nas operações humanitárias e de reconstrução em Samawa, cidade xiita a 250 quilômetros de Bagdá, na província relativamente tranqüila de Mutthana.

Esta é a primeira vez, depois de a Segunda Guerra Mundial, que o Japão posiciona tropas em um país ocupado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão pode tirar tropas do Iraque no primeiro semestre de 2006

Da AFP

07/11/2005 | 08:53


O Japão está planejando retirar suas tropas do Iraque, onde se encontram desde 2004, no primeiro semestre 2006. Em contrapartida, de acordo com o jornal Yomiuri Shimbun, os japoneses devem aumentar suas missões aéreas a partir do Kuwait.

Uma unidade de transporte da aviação japonesa, composta por 200 homens, realiza operações entre o Kuwait e o sul do Iraque, com aviões cargueiros C-130, para reabastecer as tropas americanas. Segundo o diário, que cita fontes do governo, Tóquio estaria disposto a estender essas missões até o Catar, onde se encontra o comando central americano.

O governo dos Estados Unidos pediu há pouco tempo ao Japão que prossiga com o transporte aéreo de material entre o Kuwait e vários destinos no Iraque. Cerca de 600 soldados japoneses levaram quase um ano participando nas operações humanitárias e de reconstrução em Samawa, cidade xiita a 250 quilômetros de Bagdá, na província relativamente tranqüila de Mutthana.

Esta é a primeira vez, depois de a Segunda Guerra Mundial, que o Japão posiciona tropas em um país ocupado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;