Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Os mil encantos de Floripa


Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

20/01/2005 | 13:40


Séculos atrás, a ilha de Florianópolis, então  chamada de Nossa Senhora do Desterro, era alvo de piratas em busca de ouro e prata, o que levou a coroa portuguesa a construir diversos fortes ao longo de sua encosta. Os anos passaram e, hoje, a capital catarinense – carinhosamente chamada de Floripa – continua sendo invadida. Só que, desta vez, não por corsários, e sim por turistas, ávidos por descobrir os encantos que garantem à cidade o título de Terra da Magia. Principalmente nesta época do ano, quando o sol torna as praias de mar verde-esmeralda ainda mais belas e o Carnaval garante points de folia espalhados pelos quatro cantos da ilha.

Desde o dia 13, a programação pré-Carnaval tem agitado as praias da cidade embalada pelo som de bandas locais e desfiles de blocos comunitários aos fins de semana. No Centro, o calendário de festas também já foi aberto com os desfiles individuais das escolas de samba na praça XV de Novembro.

Outros três eventos tradicionais ainda prometem aquecer os tamborins até o fim deste mês: o desfile do Berbigão do Boca (dia 28), que ganha as ruas centrais depois de uma confraternização no Mercado Público regada a cerveja e ao fruto do mar que dá nome ao evento; a escolha da rainha e princesas do Carnaval 2005 no largo da Alfândega, também dia 28; e o cortejo fúnebre do Enterro da Tristeza, dia 3 de fevereiro, com direito a churrasco, cerveja, batida de limão e muita batucada.

Blocos de sujo pelas ruas, um baile para idosos no dia 5, concursos de fantasias de luxo e os shows GLS do concurso Pop Gay completam o calendário de eventos momescos organizados pela prefeitura, além, é claro, do desfile das quatro escolas de samba do grupo especial na passarela Nego Quirido dia 6.

Passeios – Apesar da farta agenda de eventos carnavalescos, Floripa também reserva lugares calmos, livres das serpentinas, para os turistas que pretendem passar o feriado bem longe da folia. Com 436 km² de área, a ilha sabe como ninguém combinar os aspectos de uma agitada capital com o sossego típico das vilas de pescadores e da preservação ecológica – cerca de 40% de seu território é coberto por Mata Atlântica. Por isso, opções de lugares para descansar ou fazer passeios em meio à natureza não faltam.

O principal cartão-postal que o visitante vislumbra assim que chega à cidade é a Ponte Hercílio Luz, erguida em 1926 para interligar o continente à ilha. Considerada uma das maiores pontes pênseis do mundo, com 819 m, ela encontra-se, ironicamente, fechada ao trânsito para reformas. Mas isso não chega a ofuscar seu brilho e imponência, que ainda ganham o reforço de refletores para esbanjar luz durante toda a noite.

Outro cartão-postal que reluz ao cair da tarde é a Lagoa da Conceição, onde concentram-se os mais badalados restaurantes, bares e casas noturnas da ilha. A melhor vista é a do mirante localizado no Morro da Lagoa, com acesso pela estrada que leva à praia Mole. Boas doses de paciência, no entanto, são indispensáveis para chegar ao local na alta temporada, pois as ruas estreitas que ligam os bairros ficam completamente congestionadas nos horários de pico, assim como o acesso às praias entre 15h e 19h.

Para os amantes do turismo de aventura, os arredores da Lagoa da Conceição também contam com escolas de windesurfe e agências que operam ótimos passeios pelo Parque Florestal do Rio Vermelho. Entre eles, o percurso de 7 km a cavalo até a praia de Moçambique, com passagem por dunas e trechos de Mata Atlântica. A aventura pode ser feita, inclusive, em noites de lua cheia, com direito a churrasco no final do percurso. Mergulho em ilhas, passeios de iate ou escuna e trekking pelas praias são outras opções de passeio tão fascinantes quanto imperdíveis. Afinal, encantos nunca são demais quando se está em plena Terra da Magia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;