Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Atentado em Jerusalém foi cometido por uma costureira de 20 anos


Das Agências

13/04/2002 | 14:30


A palestina que cometeu o atentado suicida de sexta-feira em Jerusalém Oeste era uma costureira de 20 anos, vinda de um povoado pequeno entre Belém e Hebron, na Cisjordânia.

Andaleeb Jalil Takatka, moradora de Beit Fajar, vivia com a família e quatro irmãos. Ela ganhava a vida fazendo roupas para homens. Segundo testemunhas palestinas, o Exército israelense prendeu seu pai, um operário, e um de seus irmãos durante a noite.

Numa fita de vídeo divulgada pelas tevês locais, a jovem dizia ter intenção de cometer um atentado pelas Brigadas dos Mártires de al-Aqsa, um grupo ligado ao Fatah do presidente palestino Yasser Arafat.

Este grupo reivindicou nesta sexta-feira a autoria do atentado que matou seis pessoas, além de sua autora, e feriu outras 80.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;