Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Termina sem acordo reunião sobre reforma administrativa na Câmara de Santo André

Discutido desde outubro, o texto segue clima de incerteza entre os vereadores andreenses


Vitória Rocha
Especial para o Diário

16/02/2016 | 07:00


A reunião entre os vereadores de Santo André para discutir o projeto de reestruturação administrativa da Câmara terminou sem acordo na manhã de ontem. A votação do texto de autoria da mesa diretora já havia sido adiada em cinco sessões no dia 4 de fevereiro, apesar de o projeto ter sido protocolado em 2014.

De acordo com o vereador José Montoro Filho, o Montorinho (PT), responsável pela criação da comissão de análise da lei, a discussão do projeto “não avançou nada”. “Tem resistência, não houve acordo. Tem gente contrária à formação da discussão porque quer votar o projeto do jeito que está e amanhã (hoje) eu vou me manifestar, vou levar alguns funcionários para falarem durante a sessão”, disse.

O presidente da Câmara, bispo Ronaldo de Castro (PRB), contou que o ex-presidente Donizeti Pereira (PV) se mostrou contrário à comissão. “O Donizeti falou que ele mesmo já fez bastante debate com os funcionários (sobre a reforma) na época da FIA (Fundação Instituto de Administração da USP) e o Montorinho ficou de ver se vai levar para frente essa comissão. O Montorinho ainda tem três sessões para analisar”, afirmou, referindo-se às sessões que ainda faltam para que o projeto volte à votação no Legislativo.

O estudo da FIA-USP ao qual Donizeti se referiu foi financiado pela Câmara na época em que ele estava à frente dos trabalhos, despendendo R$ 350 mil em recursos públicos no levantamento. A pesquisa tinha o objetivo de propor readequação dos quadros públicos e uma das ideias consistia em cortar ao menos 50% de funções gratificadas em setores como RH (Recursos Humanos) e o departamento de compras, por exemplo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;