Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Dieese: 81% dos acordos salariais tiveram reajuste em 2004


Do Diário OnLine
Com Agências

30/03/2005 | 14:01


O ano de 2004 foi o melhor para as negociações salariais desde 1996, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Socioeconômicos). Dos acordos salariais fechados no ano passado, 81% tiveram reajustes iguais ou maiores que o INPC (Índice Nacional de Preços do Consumidor), apurado pelo IBGE.

Segundo o Dieese, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) combinado à redução do desemprego e ao controle da inflação facilitou a reposição da inflação nos acordos salariais fechados em 2004.

Antes de 2004, o melhor ano para as negociações foi 2000, quando 66,7% das categorias conseguiram ter algum aumento real de salários. O pior foi 2003, quando a taxa recuou para 41,6%.

A pesquisa analisou 658 acordos em todo o país, dos quais 53% são da indústria, 37% do setor de serviços e 10% do comércio. Destes, 126 (19%) não conseguiram repor a inflação ou ter ganho real de salário.  As negociações foram melhores na indústria (87%) e no comércio (82%).

Para fazer o levantamento, o Dieese compara os reajustes com a inflação pelo INPC porque esse é o indicador mais usado nas negociações salariais, além de servir de referência para reajustar o salário mínimo e as aposentadorias.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;