Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Vitória mais do que merecida

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Roteirista de Mauá, Alex Mir fatura prêmios
hoje na 32º edição do Troféu Angelo Agostini


Vinícius Castelli

30/01/2016 | 07:00


Guerreira que é e destemida como poucas, Valkíria ultrapassou barreiras desta vez. Personagem de Alex Mir, roteirista de quadrinhos de Mauá e pelo desenhista carioca Alex Genaro, é a estrela do 32º Troféu Angelo Agostini, uma das premiações mais importantes para quadrinhos no País. A entrega do prêmio acontece hoje, no Dia Nacional das Histórias em Quadrinho, às 13h, em São Paulo, no Memorial da América Latina.

Graças às aventuras da corajosa Valkíria e de seu companheiro de estimação Rama, o mauaense leva o prêmio de melhor lançamento pela obra Valkíria – A Fonte da Juventude (Editora Draco). Além dessa premiação, o artista terá de carregar outro troféu para casa, o de melhor roteirista por duas de suas publicações: Valkíria – A Fonte da Juventude (de novo) e pela obra Orixás – O Dia do Silêncio (Editora Petisco), ambas lançadas em 2015.

Segundo o roteirista, em 2015, a quantidade de quadrinhos lançados no Brasil foi grande, ultrapassou 300 títulos. E, de acordo com ele, a qualidade dos trabalhos aumenta a cada ano. “A surpresa veio justamente ao sabermos o quanto seria difícil ganharmos pela qualidade das publicações do quadrinho nacional atual. Isso só nos deixa mais orgulhosos”, relata Mir. No livro Valkíria, a história narra as aventuras da guerreira em terra cheia de brutalidade e de zumbis. O objetivo é encontrar a tal fonte da juventude.

O roteiro da obra foi escrito em três dias e a ideia surgiu em 1997, por pedido de um editor. O projeto ficou na gaveta por dez anos. “Valkíria representa a mulher moderna, independente, que não precisa de ninguém para ajudá-la a sobreviver em seu mundo hostil. Ela enfrenta um homem com a mesma coragem que enfrenta um Tiranossauro Rex”, diz. Já Orixás é ilustrado por três histórias, cujo trabalho de pesquisa teve início em 2018. Mir conta causos como a origem das ondas e como Ogum se tornou um Orixá.

Para o roteirista, arrematar premiação importante como essa motiva a fazer mais quadrinhos. “É claro que não produzo pensando em ganhar prêmios, mas quando eles vêm, coroam o trabalho, nos dando força para continuar, ainda mais quando é dado pelo leitor, que é para quem trabalhamos. É ele quem atesta nosso trabalho”, encerra.

MAIS ATIVIDADES
Em comemoração ao Dia dos Quadrinhos será exibido hoje, às 15h, o documentário Desvendando Ângelo Agostini no Teatro Clara Nunes (Rua Graciosa, 300. Tel.: 4056-3366), em Diadema. A produção é dedicada à vida e à obra do ilustrador. O local recebe exposições dos trabalhos dos artistas da região. A entrada é gratuita.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vitória mais do que merecida

Roteirista de Mauá, Alex Mir fatura prêmios
hoje na 32º edição do Troféu Angelo Agostini

Vinícius Castelli

30/01/2016 | 07:00


Guerreira que é e destemida como poucas, Valkíria ultrapassou barreiras desta vez. Personagem de Alex Mir, roteirista de quadrinhos de Mauá e pelo desenhista carioca Alex Genaro, é a estrela do 32º Troféu Angelo Agostini, uma das premiações mais importantes para quadrinhos no País. A entrega do prêmio acontece hoje, no Dia Nacional das Histórias em Quadrinho, às 13h, em São Paulo, no Memorial da América Latina.

Graças às aventuras da corajosa Valkíria e de seu companheiro de estimação Rama, o mauaense leva o prêmio de melhor lançamento pela obra Valkíria – A Fonte da Juventude (Editora Draco). Além dessa premiação, o artista terá de carregar outro troféu para casa, o de melhor roteirista por duas de suas publicações: Valkíria – A Fonte da Juventude (de novo) e pela obra Orixás – O Dia do Silêncio (Editora Petisco), ambas lançadas em 2015.

Segundo o roteirista, em 2015, a quantidade de quadrinhos lançados no Brasil foi grande, ultrapassou 300 títulos. E, de acordo com ele, a qualidade dos trabalhos aumenta a cada ano. “A surpresa veio justamente ao sabermos o quanto seria difícil ganharmos pela qualidade das publicações do quadrinho nacional atual. Isso só nos deixa mais orgulhosos”, relata Mir. No livro Valkíria, a história narra as aventuras da guerreira em terra cheia de brutalidade e de zumbis. O objetivo é encontrar a tal fonte da juventude.

O roteiro da obra foi escrito em três dias e a ideia surgiu em 1997, por pedido de um editor. O projeto ficou na gaveta por dez anos. “Valkíria representa a mulher moderna, independente, que não precisa de ninguém para ajudá-la a sobreviver em seu mundo hostil. Ela enfrenta um homem com a mesma coragem que enfrenta um Tiranossauro Rex”, diz. Já Orixás é ilustrado por três histórias, cujo trabalho de pesquisa teve início em 2018. Mir conta causos como a origem das ondas e como Ogum se tornou um Orixá.

Para o roteirista, arrematar premiação importante como essa motiva a fazer mais quadrinhos. “É claro que não produzo pensando em ganhar prêmios, mas quando eles vêm, coroam o trabalho, nos dando força para continuar, ainda mais quando é dado pelo leitor, que é para quem trabalhamos. É ele quem atesta nosso trabalho”, encerra.

MAIS ATIVIDADES
Em comemoração ao Dia dos Quadrinhos será exibido hoje, às 15h, o documentário Desvendando Ângelo Agostini no Teatro Clara Nunes (Rua Graciosa, 300. Tel.: 4056-3366), em Diadema. A produção é dedicada à vida e à obra do ilustrador. O local recebe exposições dos trabalhos dos artistas da região. A entrada é gratuita.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;