Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Jornalismo e shows na mira da crítica


Márcio Maio
Da TV Press

23/12/2007 | 07:13


A Record investe quase todas as fichas em teledramaturgia. Quase todas. Mas, na opinião dos editores dos veículos de comunicação que publicam o conteúdo editorial da TV Press, não foi nessa área que a emissora se destacou no Melhores & Piores de TV Press 2007. Com três premiações – programa de variedades, programa de competição ou reality show e seriado importado –, a Record foi a grande vencedora em shows.

Diversidade - A Globo, por sua vez, só conseguiu dois prêmios e ainda teve dois programas eleitos como os piores em sua categoria.

A diversidade de temas oferecida pelo trio Britto Jr., Ana Hickmann e Edu Guedes deram à Record o prêmio de melhor programa de variedades.

E a disputa nem foi contra o Mais Você, da Globo, apontado como um dos piores do ano. Nesse quesito, quem se deu mal foi a Rede TV!, com os retalhos de fofocas colhidas na Internet que o TV Fama apresenta.

PROGRAMA DE VARIEDADES
Melhor: Hoje em Dia
2º Melhor: Fantástico
O entrosamento de Ana Hickmann, Britto Jr. e Eduardo Guedes definitivamente funciona. Em meio à mesmice dos programas matinais de outras emissoras, o trio discute assuntos interessantes.

Pior: TV Fama
2º Pior: Bom Dia Mulher
Quase não há produção própria de matérias ou reportagens. Só um repórter em eventos, sempre atrás de nomes famosos das novelas. A fofoca é o assunto principal.

PRODUÇÃO HUMORÍSTICA
Melhor: Pânico na TV
2º melhor: Casseta & Planeta, Urgente!
O Pânico na TV, da Rede TV! é o programa mais rentável e de maior audiência da emissora pelo quarto ano consecutivo.

Pior: A Praça É Nossa
2º pior: Zorra Total
No mesmo ano em que apagou as velinhas pelo aniversário de 20 anos, A Praça É Nossa mostrou em 2007 que no humor não adianta ser tradicional. O que se vê são piadas antigas e quadros que, apesar de contarem com artistas e personagens diferentes, caem no lugar-comum.

PRODUÇÃO INFANTIL
Melhor: Cocoricó
2º melhor: Sítio do Picapau Amarelo
Pelo segundo ano consecutivo, o Cocoricó, da TV Cultura, mostra que as crianças gostam mesmo é do formato tradicional de infantil.

Pior: A Turma do Didi
2º pior: Bom Dia & Companhia
Os Trapalhões já fizeram sucesso, ficaram no ar por mais de 30 anos, o grupo acabou há 13 anos, mas a ficha de Renato Aragão ainda não caiu. Até hoje, o humorista insiste em manter as piadas ultrapassadas e historinhas sem a menor graça.

DESENHO ANIMADO
Melhor: Os Simpsons
2º melhor: Bob Esponja
Comemorando sua maioridade, a família Simpson ainda mostra fôlego para suas críticas à sociedade americana.

Pior: Dragon Ball
2º pior: Os Cavaleiros do Zodíaco
Pelo visto, os mangás japoneses estão começando a sair de moda na TV. Histórias complexas e excesso de violência.

PROGRAMA DE AUDITÓRIO
Melhor: Altas Horas
2º melhor: Caldeirão do Huck
Serginho Groisman vem mantendo seu compromisso e consegue, em grande parte dos sábados, garantir a suposta vida inteligente na madrugada. Mesmo com a tentativa de popularização nítida que seu Altas Horas adotou em 2007, com mais convidados ligados ao funk, música sertaneja e baiana, conseguiu se manter intacto.

Pior: Domingo Legal
2º pior: Casos de Família
Gugu Liberato ainda vai ter que batalhar muito para recuperar a credibilidade de seu Domingo Legal. Em 2007, não faltaram lágrimas e propostas bizarras, como os 30 minutos gastos no leilão do cabelo de uma mulher que precisava de dinheiro para montar um salão no Norte do País.

PROGRAMA DE COMPETIÇÃO OU REALITY SHOW
Melhor: O Aprendiz – O Sócio
2º melhor: Big Brother Brasil 7
Roberto Justus mostrou que corpos malhados e apelação sexual não são necessárias para se fazer um bom reality show.Conseguiu, mesmo com a arrogância característica de suas produções, desbancar a própria mulher, Ticiane Pinheiro, pelo divertido Simple Life - Mudando de Vida.

Pior: Hiper QI
2º pior: Quem Perde Ganha
Chega a ser constrangedora a falta de tato dos apresentadores do Hiper QI, da Rede TV!, na hora de garantir o lucro da produção. Não bastasse o alto custo da ligação para o telefone do programa, com tarifa móvel, a maior parte do tempo é marcada por um barulho irritante e um relógio que, para o azar de quem liga, costuma demorar muito mais do que está cronometrado na tela. Enquanto isso, o aspirante ao prêmio em barras de ouro fica respondendo perguntas imbecis ao telefone. Um jogo caro demais, se comparado a vários outros que são proibidos pela lei.

SERIADOS IMPORTADOS
Melhor: Heroes
2º melhor: Dr. House
Todo dia tem mutação genética na tela da Record. E a idéia, completamente diferente do que se está acostumado a ver na dramaturgia, pegou. Inspiradora da novela Caminhos do Coração, de Tiago Santiago, a série Heroes caiu no gosto do público e dos profissionais que escrevem sobre TV. Com tanto “chororô” de mocinhas chatas e heróis pouco atraentes na televisão, humanos invisíveis, capazes de voar e outros poderes especiais acabam chamando mais atenção pela originalidade.

Pior: Mr. Bean
2º pior: Chaves
Mesmo em apresentações quase que irregulares na programação da Band, Mr. Bean não passou despercebido na votação. O humor britânico e já cansativo de Rowan Atkinson serviu como coringa para a emissora, que o utilizou nos horários em que não tinha mais o que colocar. O próprio intérprete, porém, já não agüenta mais as aventuras de seu personagem. Rowan já declarou publicamente que o filme As Férias de Mr. Bean, rodado este ano, foi sua última investida na pele do atrapalhado inglês.

TELEJORNAL
Melhor: Bom Dia Brasil
2º Melhor: Jornal da Band
Ao fugir da velha fórmula de jornalistas paralisados atrás de uma bancada, o Bom Dia Brasil conseguiu encontrar um formato agradável de noticiar os fatos do País e do mundo.

Pior: RedeTV News
2º Pior: Jornal do SBT
Fórmula velha com produção pobre. O RedeTV News não tem atrativo algum.

PRODUÇÃO JORNALÍSTICA
Melhor: Profissão Repórter
2º Melhor: Por Toda Minha Vida
Caco Barcellos é um incansável. Diante de tanta superficialidade no jornalismo televisivo, idealizou o Profissão Repórter e trouxe de volta para a tevê as grandes reportagens em que todos os lados da notícia são ouvidos.

Pior: Brasil Urgente
2º Pior: Linha Direta
Jornalismo que tenta arrancar lágrimas dos telespectadores. É sensacionalismo e mundo cão com imagens repetitivas.

APRESENTAÇÃO DE TELEJORNAL
Melhor: Ricardo Boechat
2º Melhor: Fátima Bernardes
Apresentador de telejornal Band no Rio, Boechat acerta ao fazer uso da própria inteligência e não menosprezar a de quem assiste.

Pior: Marcelo Rezende
2º Pior: Cynthia Benini
O tom sensacionalista que Marcelo Rezende adiciona a todas as matérias que apresenta não agrada.

Programa de Entrevistas
Melhor: Roda Viva
2º Melhor: Programa do Jô
São poucos os programas de entrevista em que o entrevistado realmente consegue falar. O Roda Viva é um deles. O apresentador Paulo Markun consegue estabelecer a ordem em meio a entrevistadores ávidos para fazer uma pergunta e o resultado das discussões é sempre completo.

Pior: Estrelas
2º Pior: Programa Amaury Jr.
Angélica é incapaz de conduzir um bate-papo com eficiência. Na constelação da Globo, é um dos astros menos reluzentes como entrevistadora. A moça se encontra com grandes nomes, já que a emissora oferece todo o seu elenco, mas desperdiça as oportunidades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;